Review Tsumitsuki JBC

Tsumitsuki é um manga que pode criar hype em algumas pessoas por ter o nome de Hiro Kiyohara, o artista que ilustrou o manga de Another tambem publicado pela JBC. mas será que atende às expectativas?

Tsumitsuki, mangá publicado no Japão em 2009 e de autoria de Hiro Kiyohara, foi publicado julho pela JBC aqui nas terras Tupiniquins.

O manga é formato Tankobon composto por 5 capítulos, 200 paginas sendo que as iniciais são coloridas e uma bela Ilustração na contra capa do personagem Kuroe.

Mas como é Tsumitsuki?

2

Tsumitsuki é um mangá escolar, com suspense e sobrenatural que tem uma estrutura episódica sem personagem principal fixo, que lembra um pouco Hell Girl, com historias paralelas entre si que geram o mesmo fim. As histórias se passam numa mesma cidade com personagens adolescentes.

No contexto do mangá, Tsumitsuki seriam seres semelhantes aos Yokais e Ayakashis que nós conhecemos, espíritos ou demônios sobrenaturais, sendo eles bem mais específicos, são demônios que se alimentam da culpa e do remorso das pessoas e quando chegam a um certo ponto tomam o lugar do hospedeiro e matam outras pessoas a fim de se alimentar.

Tsumitsuki_Mangareview_01

Kuroe, que seria o único personagem fixo do manga, junto com sua raposa, tem o trabalho de exterminar esses Tsumitsukis antes de trazerem problemas para os humanos e em mais uma comparação com Hell Girl, ele seria o mesmo que a Ai Enma.

Pontos Fortes:

Arte: O manga tem uma arte muito bonita e limpa para os personagens, inclusive as personagens femininas tem rostos que parecem as Pullips, que são uma linha de bonecas com uma anatomia bem característica e a arte também consegue passar bem as emoções dos personagens e não precisam apelar pro gore pra deixar aquele clima tenso de terror.

Acabamento: A arte da capa, a arte do verso e até a lombada desse mangá são muito bonitas assim como a seleção de letras que faz até parecer que o mangá na verdade é um livro! E deixa a estante de qualquer um mais bonita!

tsumitsuki-1549723

Ponto Fraco:

Personagens Moles: Talvez o conceito de “Tsumitsukis” seja bem explicado e coerente, mas se tem uma coisa que me incomodou é: como os personagens tem motivações bestas e algumas atitudes mais bestas ainda! Mayu Shinohara por exemplo, ela é uma garota que não fala com ninguém e não é amiga de ninguém porque provavelmente se culpa por algo, mas ninguém pode se permitir ser feliz nessa história, tem que ser tudo ruim!

Alguns personagens sabem que Tsumitsukis existem e como poderiam fazer para que não fossem tomadas por eles. Sendo felizes e não se deixando corroer pela culpa de qualquer ato que tenha feito ou não. Sim, aparentemente essa seria a resposta pra matar esses monstros enquanto ainda se alimentam do hospedeiro, porem não, quase todos que sabem disso continuam até que de repente… Surpresa! Você não é mais dona do seu corpo e come pessoas.

Conclusão:

3135804766_1_2_ShS4WWmj

Apesar desse grande ponto fraco dos personagens (na minha opinião), Tsumitsuki pode ser uma boa leitura pra quem quer algo descompromissado, o clima de que alguma coisa de errado vai acontecer sempre vai estar ali e quando algo acontece, pode esperar uma boa arte do Hiro Kiyohara que ele não vai lhe decepcionar, mas pra algumas pessoas que gostam de algo um pouco mais profundo e desenvolvido pode acabar achando que não vale tanto a pena comprar o manga.

Nota: 6,5/10