Miyazaki não gostou de Marnie

Yo!

Miyazaki já está se acostumando com seu novo status de aposentado. Começou a reclamar! Bora ver!

Hayao Miyazaki aposentou a claquete (ou algo assim) depois de Kaze Tachinu (Vidas ao Vento, na versão brasileira), mas foi só dos longas. Ele continua indo para o estúdio e faz alguns curtas para o museu deles, além de passar o resto do tempo sendo boss.

Com o novo longa do seu discípulo engatilhado, Miyazaki já deu seu pitaco. Aparentemente, ao ver o pôster do filme, que está espalhado por todo o estúdio, ele falou “Nos dias de hoje, tentar atrair o público com uma menina loira, vocês estão muito atrasados!”

Mesmo com a palmadinha, o filme segue firme para o lançamento no meio do ano, durante a concorrida temporada de verão do Japão.

Omoide no Marnie é um filme de Hiromasa Yonebashi, de Karigurashi no Arriety (O Mundo dos Pequeninos) e é baseado no livro “When Marnie Was There” de Joan G. Robinson. A estreia será dia 19 de Julho, no Japão.

NOVO FILME DA GHIBLI PARA 2014 – No XIL

Fonte: OtaCom

O que eu acho? Miyazaki é o típico workaholic que não consegue se aposentar em espírito. Ele pode não estar mais trabalhando, no sentido mais literal, mas ele continua a manter sua rotina como se nunca tivesse parado. Só que sem filmes para criar.

E aí, já viu, né? Começa a pegar no pé de todo mundo. Eu assisti Arriety e acho que o diretor tem uma pegada muito boa, acho que até mais atencioso às nuances que o filho de Miyazaki, Goro. E se um deles é sucessor espiritual, tenho que dizer que acho que Yonebashi parece ser muito mais como o velho Hayao.

Por isso, estou animado pra ver o resultado. Não vai ser um Miyazaki, mas ainda dá pra esperar muito desse filme.

Mas eu concordo com o Miyazaki. A era agora é das ruivas!

Escritor, editor, apaixonado por quadrinhos e cultura pop em geral.