ArgaLog #06: Anticlímax

ArgaLog #05: Esperança

argalog_06_capa

Ao contrário do dito na coluna anterior, diversos animes continuam semana que vem.

Infelizmente uma semana de decepções variadas, de viradas anticlimáticas e de finais que esmagaram o último fio de esperança para algumas séries. JoJo’s Bizarre Adventure ainda continua ótimo, e infelizmente a exceção agora que PSYCHO-PASS e Shin Sekai Yori terminaram.

Também vale lembrar que temos aqui a última coluna dedicada ao que foi exibido entre Janeiro a Março; é hora de focarmos na temporada de Abril, e já no ArgaLog #07 teremos uma mistura de alguns finais com diversas das estreias mais hypadas da temporada. Espere e verá.

argalog_06_vivid_red_operation

Vivid Red Operation 12 [60/100]

Simples e decepcionante.

Poderia ser épico, mas Vivid Red Operation infelizmente dedicou-se a trabalhar uma relação de amizade [coloque quantas aspas quiser] forçada, como de amor a primeira vista feita pelo mais inexperiente dos escritores, combinada com a vilania extrema e injustificada de um vilão final histriônico que valeu pela bela voz.

O resultado? Um episódio final legalzinho de um anime que valeu somente pelo visual refinado, cortesia do A-1 Pictures. Bons animadores trabalharam em cima do character design do redjuice, tivemos alguns bons .gif e foi isso. Não foi ruim, mas esteve muito longe de ser bom – e não é a toa que as vendas parecem ser desanimadoras.

argalog_06_tamako_market

Tamako Market 12 [70/100]

Teve seus momentos, mas assim como o restante da série teve um clima forte de anticlímax.

Infelizmente, Tamako Market no final revelou-se acima de tudo uma série indecisa: tendo um mercado e um núcleo da escola para contar uma cativante história de amizade e amor [em um sentido não-romântico], a série cansou de dar voltas, falando um pouco sobre tudo e nada sobre alguma coisa para somente nos dois episódios finais decidir-se pelo foco na protagonista.

E neste episódio final tivemos alguns momentos cativantes [e outros que contribuem para o clima, mas ainda assim poderiam ser melhores] e uma direção que daria muito mais resultado caso a construção inicial tivesse sido melhor. Como não foi, infelizmente temos um final morno para uma série igualmente morna. Uma pena – e sim, Tamako Market é a pior série do renomado estúdio Kyoto Animation em um bom tempo. Tanto que o anúncio de mais Chuunibyou em um comercial ao final do episódio simplesmente roubou a cena.

argalog_06_love_live

Love Live! 12 [72/100]

DRAMA.

Claro que um drama de fim de temporada era algo quase óbvio em Love Live!, pena que a execução desse simplesmente passou os limites do aceitável. Alguns motivos já estavam presentes há alguns episódios – o que não justifica a sequência de atitudes exageradas e artificiais tomadas pelas personagens a fim de gerar conflito e um clímax para o espectador ficar ansioso pelo episódio final.

Foi, na medida do possível, um episódio divertido – mas que esqueceu parte da magia dos anteriores em prol de algo que mais atrapalhou que ajudou. Um erro de diretor iniciante, mas ainda assim um erro no meio do caminho.

argalog_06_little_busters

Little Busters! 25 [75/100]

Quem diria que Little Busters! está fazendo tudo certinho no arco final?

Claro que infelizmente a direção continua não sendo das melhores e somente quem leu o original deve estar percebendo as falhas de continuidade, coesão e coerência que pintam a cada episódio – mas a verdade que é o segundo episódio seguido que finalmente consegue aproveitar parte do potencial da série, que é realmente em contar o arco principal da história deste tão grande grupo de amigos.

Além da introdução ao elemento final desta Primeira Temporada da série – sim, o tão falado jogo de beisebol entre os Little Busters! e um time formado pelos capitães de outras equipes – tivemos finalmente uma melhor introdução ao personagem mais misterioso da série até aqui: Kengo. E é o evento que finalmente o integra aos demais integrantes do grupo o tema deste episódio que mistura de forma adorável a união implacável mostrada até aqui pelos personagens com o feeling pastelão também tão característico. De certa forma, funcionou e novamente tivemos uma ou outra cena tocante e que evoca minimamente as emoções de obras passadas. Ou seja, a esperança de que a Segunda Temporada seja melhor aumenta um pouco – mas só um pouco.

argalog_06_love_live_13

Love Live! 13 [75/100]

Digno. Mas também a conclusão de um arco final desapontador.

Em mais uma rápida mudança de clima, o drama do episódio anterior vira uma efetiva caminhada rumo a reconciliação – e como poderia ser diferente?

Como um episódio isolado, consegue passar as emoções certas e tem um ritmo efetivo rumo ao bonitinho final; mas como o episódio final de um anime que estava em uma boa crescente foi decepcionante. Que a Segunda Temporada – que certamente virá – seja melhor estruturada.

P.S.: Mais uma apresentação excelente, mesmo com a modelagem em 3DCG – um mérito a toda a equipe de animadores do estúdio Sunrise.

argalog_06_uchuu_kyoudai_51

Uchuu Kyoudai 51 [80/100]

Um episódio arrastado, mas com um final épico – tanto para o arco em si, quanto para o primeiro ano da série.

Após literalmente cinco minutos de recapitulação do último episódio mais abertura, finalmente podemos conferir Mutta e Nitta entendendo um ao outro e ao mesmo tempo compreendendo um pouco mais a fascinante aventura da vida, nesta história tão amarrada ao conceito de família.

Após alguns flashbacks e alguns momentos reflexivos chegamos a um dos momentos mais lindos até aqui na série: a chuva de meteoros que marca os sonhos e esperanças tão associados a este anime. Parte deles já viram realidade na série, mas muitos ainda estão a caminho. E seria a mensagem final de Uchuu Kyoudai, incompleta mas consistente, caso este fosse o último episódio. Mas não é.

Será o que o segundo ano será tão bom e consistente quanto o primeiro? É o que todos querem saber, e a partir de Sábado a resposta será dada em um novo horário, com nova abertura, encerramento e tudo mais.

argalog_06_chihayafuru_2

Chihayafuru 2 12 [80/100]

Quando a barriga parece estar ficando grande demais.

Desde o oitavo episódio desta segunda temporada de Chihayafuru que estamos acompanhando mais um torneio nacional de karuta competitivo; e se o mostrado na primeira temporada dominou somente o terço final, este deve durar dois terços de um anime de 25 episódios. É muita coisa – e o peso deste fato começa a ser sentido em mais um episódio que basicamente acrescenta mais uma personagem rival ao elenco de secundários importantes, em que a teia de Chihayafuru parece se mover para longe das respostas que queríamos nesta temporada.

Foi, como sempre, um episódio divertido – mas longe da eficiência dos primeiros, em que parecia que a Segunda Temporada poderia até mesmo ser melhor que a Primeira, parece que estamos acompanhando uma adaptação fiel de um manga algo preso pelo sucesso. Chihayafuru tem já vinte volumes encadernados e a tendência não é que termine tão cedo. O que pode ser excelente no manga [exemplo similar é Uchuu Kyoudai] causa receio em quem assiste ao anime justamente por ser uma mídia mais cara e menos sensível a uma boa história ter o tamanho que merece – fora que cansa. Primeiro cour finalizado, qual será o caminho a ser trilhado no segundo?

argalog_06_jojo's_bizarre_adventure

JoJo’s Bizarre Adventure 25 [88/100]

Há uns quatro episódios que JoJo está banhado em ácido – e não poderia ser diferente. Ou melhor.

Stardust Crusaders [a terceira fase, disponível somente através daqueles OVAs dos anos 1990] é considerada por muitos a melhor fase de JoJo – mas ao assistir o final de Battle Tendency resta ao espectador inexperiente somente divagar como seria um final melhor que o presente aqui – absolutamente maluco como as piranhas que surgem das asas de Cars somente para infernizar a vida de JoJo.

O roteiro é relativamente simples e os personagens, desenvolvidos dentro de certos limites, mas o feeling passado tanto pela ótima direção – cada dia com um toque diferente como o SFX na abertura deste episódio – e pelo roteiro polido é único, absolutamente eletrizante e algo não visto há um bom tempo. A criança interior a cada um de nós fica triste ao saber que semana que vem JoJo’s Bizarre Adventure [the Animation] chega ao seu fim – e torce de pé para um anúncio sobre uma nova temporada que virá. Um dia.

ArgaLog #05: Esperança Ao contrário do dito na coluna anterior, […]