ArgaLog #01: Rumo ao Clímax

ArgaLog #00: Puro Desespero

argalog_01_capa_joseph_joestar

O feedback ao episódio inicial do resumo da semana foi somente razoável, mas sabemos que a resposta a algo assim vem com o tempo. Enfim, um artigo com mais animes e um pouco mais firme na hora de falar sobre o que aconteceu na última semana. Sem mais delongas, rumo ao primeiro/segundo episódio do ArgaLog – e rumo aos clímaxes dos animes desta temporada!

robotics_notes_18_argalog

Robotics;Notes 18 [65/100]

Viva a mediocridade!

Sim, Robotics;Notes segue firme em sua jornada rumo a um final com todas as pontas soltas amarradas. Ou seja, um final particularmente chato e dependente do quão você está envolvido pelos personagens principais desta trama lenta e arrastada como um caramujo.

O episódio, focado sobretudo no trio Aki, Kai e Misa, foi correto como sempre e certeiro como nunca na impressão de que o final do anime será sobretudo decepcionante. Algumas certezas a mais sobre o desenvolvimento da história somente reforçam o sentimento de decepção geral que toma conta da série – e a culpa é toda do original, de recepção fraca entre os japoneses, que reflete no sentimento de apatia gerado pelo anime [e os episódios 11 e 16 foram exceção a regra].

little_busters_20_argalog

Little Busters! 20 [68/100]

Um bom episódio encaixado na hora mais errada possível.

A Rin pode não ser a heroína favorita de muitos, mas sem dúvida é a personagem melhor desenvolvida neste longo prólogo de Little Busters! – ao mesmo tempo em que é fofa como algodão-doce e doce como a diabetes é a personagem mais humana e menos material masturbatório que a série oferece. E um episódio dedicado a desenvolvê-la, mesmo que a níveis homeopáticos, sempre é bem-vindo – ainda mais simpático como este.

Claro que como sempre falta refinamento em todos os departamentos possíveis [principalmente no tom de comédia], mas o que realmente doi aqui é a total quebra de clima tanto com o episódio anterior quanto com o seguinte, ambos do arco da Kud. É sutil como uma marretada na cabeça e distrai o espectador sem qualquer motivo. E justamente por erros bobos como esse que o anime já tem uma aura infame semelhante a Tsukihime ou Chaos;Head.

tamako_market_07_argalog

Tamako Market 07 [71/100]

Sério, Kyoto Animation?

Essa bunda cor-de-chocolate significa duas coisas: a primeira é que a Kyoto Animation simplesmente cruzou sua própria linha em relação a fanservice em anime [mesmo que tenha sido uma brincadeira]; sim, a mesma empresa que na Primeira Temporada de K-ON! censurou a calcinha da Mio por censurar agora simplesmente coloca na tela uma baita de uma bunda.

Igualmente interessante é o fato que a dona dessa bunda, Choi, veio para aparentemente salvar um caso perdido de um anime com seu jeito tsundere e algo selvagem – sim, esta acaba sendo uma cópia da muito querida Nadia, mas acaba também sendo um elemento interessante no meio de um anime dominado por uma protagonista que na intenção é a garota perfeita e no resultado é sem-sal.

Como tudo em Tamako Market, tudo é uma questão do potencial ser aproveitado; mais da metade do anime e nada, mas a esperança é a última que morre.

love_live_07_argalog

Love Live! 07 [73/100]

E o arco da Presidente começa a ficar sério.

Love Live! é antes de tudo um anime agradável de assistir justamente por focar na fofura das [muitas] protagonistas da maneira certa e deixar o enredo cozinhando em banho-maria sem nunca esfriar nem esquentar além do mínimo necessário. E justamente quem não deixa a chama aqui apagar-se é Eri Ayase, sempre forte, tsundere e a sombra de seu passado triste.

Isoladamente não tivemos um episódio forte, mas a subida de tom rumo ao clímax que virá nas próximas semanas foi bom. No mais, outros 23min40s de bons momentos envolvendo esse clube de school idol que vale justamente pela química oferecida entre as integrantes – neste ponto, tão bom quanto THE [email protected]

magi_20_argalog

Magi 20 [74/100]

Como em um todo bom [ou não] battle shounen, um episódio de início de arco.

Exceto que Magi é menos porrada e mais aventura – e que os eventos aqui são mais ligados a outras sagas que a média, reflexo da muito boa construção de mundo que vem do manga e que acelerada em um ritmo que divide opiniões no anime. Em tempos de Transformers e Vingadores é sim efetivo e nada diferente do que vemos por aí, mas acaba dividindo opiniões de muitos.

Apesar de nenhuma ação tomada aqui merecer algum destaque especial, o plano de fundo traçado é bom e tem seus momentos – sobretudo nas ações da carismática e tímida apesar de forte Morgiana – de sorriso fácil. Que este seja apenas o começo de um arco mais leve e divertido que o bom [mas complicado demais para alguns] Balbadd.

psycho_pass_18_argalog

PSYCHO-PASS 18 [74/100,
79/100 se não fosse a péssima animação]

A calmaria antes da tempestade.

Após dois dos melhores episódios que inclusive se destacaram por serem de tirar o fôlego, é claro que alguma calmaria viria a seguir em mais tour de force de Gen Urobuchi – e o típico episódio em qual o [anti?]-heroi decide seguir pelo caminho mais radical é bem-feito dentro do seu gênero.

Sim, infelizmente não ficou tão bom este episódio que soou mais necessário que impactante, mais arroz do que carne se pensarmos em uma metáfora gastronômica – se pensarmos no geral os acontecimentos aqui foram interessantes, porém o resultado mostrado nos vinte e três minutos foi normal. Ou quase – a cena de tensão envolvendo Kougami e o final valeram o ingresso positivamente; já a animação, que infelizmente não ficou pronta a tempo, foi ruim a ponto de um bom meio ponto da nota ter sido arrancado deste episódio. Que o dinheiro esteja sendo gasto nos episódios finais.

uchuu_kyoudai_46_argalog

Uchuu Kyoudai 46 [80/100]

Um episódio de transição costuma demorar a passar em um anime de ritmo considerado normal. O que dizer de um em Uchuu Kyoudai, conhecido pelo ritmo lento?

Uchuu Kyoudai conseguiu até aqui ser adorável em cada um de seus episódios, inclusive este quadragésimo-sexto, mas a cada instante que se passa o ritmo cobra o seu preço. Como sempre, o episódio em si é bom, mas soa repetitivo e arrastado para quem vê – ainda mais em uma série com um objetivo na frente claro em amplitude mas cada vez mais borrado no aspecto temporal. Afinal, quantos episódios teremos que aguardar até Mutta finalmente ter uma decolagem tão emocionante quanto foi a de Hibito?

Retomando, um bom episódio [como sempre] que sofre por estar em uma série longa e gradativamente cansativa. Ainda que ótima.

jojos_bizarre_adventure_20_argalog

JoJo’s Bizarre Adventure 20 [86/100]

Um episódio difícil de fazer sem cometer algum erro – e novamente, não é que conseguiram fazer [quase] da melhor forma possível?

No episódio que teve a honra de contar com um orçamento de gente, JoJo conseguiu ter o episódio mais efetivo de drama da série até aqui [isso no arco Battle Tendency, que é mais focado na ação e diversão que o anterior]. Caesar é um Zeppeli, portanto é seu destino [lembrando que estamos em uma série aonde o protagonismo vem de berço] ser um herói. E após o plano de fundo ser contado e diversas bandeiras da morte serem levantadas, somente a glória lhe aguarda. E Wham, literalmente um monstro, um gênio da batalha, prova-se novamente um bom vilão e propicia uma boa [mas poderia ser melhor] luta, um prólogo do que será o final apoteótico desta Temporada.

Se a luta não é excelente, os minutos finais e chave para o desenvolvimento de Joseph Joestar como personagem, são simplesmente perfeitos. Timing, trilha sonora e até mesmo os efeitos visuais mais comedidos combinam-se para mais uma cena clássica neste anime a altura de seu hype. E que venha o clímax!

shin_sekai_yori_21_argalog

Shin Sekai Yori 21 [87/100]

Por que você não está assistindo?

E mais uma vez esta terceira fase supera as expectativas e entrega um episódio alucinante, tenso e sinistro.

Yakomaru/Squealer é simplesmente o melhor vilão presente em animes há um bom tempo [talvez esteja sendo injusto com o Hisoka, mas que seja]; dissimulado e muito esperto, ele simplesmente previu de uma forma que não mostre a mão do roteiro todas as reações daqueles pobres [só que não] humanos – e até aqui vem conseguindo absoluto e algo inesperado sucesso em sua tarefa ardilosa de derrubar os deuses.

E é esse embate que lembra muito Shiki a uma algo surpreendente catarse que Shin Sekai Yori irá levar até as últimas consequências em seu ato final e trágico e recompensador para todos que aguentaram o ritmo bom mas lento presente principalmente no primeiro arco.

Vale comentar a verdade descoberta ao final do episódio, chocante e que prova o phatos da série mais depressiva da temporada – em uma temporada que contém o sempre-escuro PSYCHO-PASS.

chihayafuru_2_07_argalog

Chihayafuru 2 07 [93/100]

Que anime! Que episódio!

Um ponto positivo sempre explorado em mangas e animes de esporte é o desenvolvimento dos personagens como indivíduos também moldados pelos valores positivos que os esportes trazem consigo; e este sétimo episódio da excelente Segunda Temporada de Chihayafuru já é referência em como tratar bem esta questão.

Através de um ritmo rápido e seguro são mostradas diversas situações neste episódio de transição entre um torneio e outro, com claro enfoque em como o karuta competitivo tornou a vida de Chihaya Ayase significativa. E vermos pontos de vista como o de sua mãe ou da professora responsável pelo clube trazem uma camada de humanidade a mais nesta obra já demasiado humana.

Infelizmente não é para todos [tanto que o manga mal tem chances de ser publicado lá fora], mas sem dúvida é uma obra que mostra o porquê a animação japonesa mesmo nos dias de hoje merece um carinho especial. E sim, o episódio vale essa nota absurda.

ArgaLog #02: Tudo Junto e Misturado

ArgaLog #00: Puro Desespero O feedback ao episódio inicial do […]

5 thoughts on “ArgaLog #01: Rumo ao Clímax”

  1. Sobre Robotic;Notes-Aquele anime que te promete muito,mas não te dá quase nada em troca.

    Sobre Little Busters!-Aquele anime que você queria parar de ver,mas o nome Key não te deixa,e apenas um episodio acima da mediocridade já faz você ter um novo fio de esperança.

    Sobre Tamako Market-Aquele anime que você percebe que a tradicionalidade de um estudio,em não se sujeitar ao novo e ficar te entregando *maisdomesmo*,é uma fórmula muito popular pelo Japão,e pelo jeito,não irá mudar.

    Sobre Love Live!-Esse eu não assisto,porém acredito que quem curtiu [email protected] irá gostar.

    Sobre Magi-Aquele anime “pipoca” com um prazo de validade.

    Sobre Psycho pass-Aquele anime em que você sabe que vai acontecer uma reviravolta,e que você se verá abrindo livros de pensadores para entender o que o carinha tava falando.

    Sobre JoJo´s..-Aquele anime em que o preconceito visual inicial te faz quase largar,mas você resolve pagar para ver e no final das contas um cara que não sabia que Jojo era mais velho do que ele,começa a defender a obra com unhas e dentes,como um pokemaníaco faz com seus pokemons.

    Sobre Shin Sekai Yori-Aquele anime que sua fé foi provada e sua recompensa dobrada.(rimou)Aquele anime que você “lutou” para não “dropar” logo no início.
    Aquele anime que você voltou atrás porque o “coleguinha” disse que muito bom.
    Aquele anime que faz você querer avançar sua semana na velocidade x 120 só para ver mais um episódio.
    Aquele anime em que você deve tomar muito mais cuidado quando for ler comentários de blogs e fóruns,para não estragar sua experiência ao assistir.
    Aquele anime em que….já chega.Vale a pena!

    Sobre Chihayafuru-Sendo franco,eu acho um anime muito bom mesmo,porém ainda não consigo ver o que há de tão espetacular nele.Mas eu realmente gostaria de entender,mas entender mesmo,não uma explicação tipo fã de LOST:Porque é foda e ponto!Porque nesse caso é igual ao Kiko mostar o algodão pro Chaves,perguntar se ele quer,e falar COMPRA!

    Qwerty,essa coluna não pode parar tá?Ela é simples,porém ajuda muita gente por ai(Eu) que às vezes não tiveram tempo de acompanhar algo,mas talvez se animem com seus comentários.Realmente é algo que faltava na blogosfera de animesbr,e que não deve ter apenas seu comprometimento individual,mas do portal Genkidama em si,porque acredito ser algo essencial para um site coletivo(po é um portal!!) comprometido nas diversas nuances do mundo otaku.Comentários semanais rápidos de diversos animes de uma maneira em que até preguiçosos de leitura leiam é básico.Aprovado

  2. velho, melhor coluna da GENKIDAMA inteira.

    eu não tenho acompanhado essa temporada(na verdade, faz algum tempo que não acompanho as temporadas e vejo tudo de uma só vez depois), mas curto o modo como você faz o review e, mesmo sem dar spoiler, consegue mostrar o que foi o episódio.

    muito bom, cara!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *