Chihayafuru Ganha Segunda Temporada

Um sonho se torna realidade.

Foi revelado na tira descartável inclusa no volume 17 de Chihayafuru que sim, o anime baseado no manga premiado de Yuki Suegutsu que conta a história de Chihaya Ayase, garota que no ginásio conhece através de um precioso amigo de escola o prazer do jogo tipicamente japonês chamado karuta [em sua modalidade competitiva] – e junto com outro [sim, temos aqui um triângulo amoroso] resolve no colegial entrar para valer nesse mundo pequeno e ainda assim fascinante deverá ganhar uma segunda temporada.

Segunda temporada esta que provavelmente [claro que pode haver troca de staff; por exemplo, o character design de Kaiji muda entre as duas temporadas do anime] deve sair o mais próximo possível dos moldes estabelecidos na primeira: direção de Morio Asaka, animação no estúdio MADHOUSE, transmissão pela emissora Nippon TV e, provavelmente, mais 2-cour [25 episódios] para simplesmente prosseguirmos a história que parou pela metade a algum outro ponto final. Espera-se que desta vez seja algo mais definitivo, mas o manga de sucesso ainda com menos de vinte volumes, não espere que tenhamos alguma sombra do final deste nesta continuação.

Alguns devem estar se perguntando porque afinal um anime que teve vendas somente razoáveis, até um pouco abaixo do necessário para pagar as contas [como explanado com maior clareza aqui] ganhou sua segunda temporada. Ora, a audiência para a emissora foi razoável, e se notarmos as vendas de mangas recentes podemos notar que este foi um dos beneficiados pelo chamado “efeito anime” – a pessoa assiste a animação, gosta da história e procura ler o original daquilo que o prendeu.

Assim, Nippon TV, Shueisha e a patrocinadora de sempre VAP – que comercializa os DVD/BD da série – deram cartão verde para mais 25 [ou 12, sendo pessimista] episódios. Com o clímax deixado na temporada anterior pode-se continuar perfeitamente a história com a maior tranquilidade do mundo. O que alguns esperam é que, nesta provável temporada final do anime, tenhamos direito a uma conclusão, mesmo que fugindo do manga, decente – em ambos os sentidos. Até Outubro [ou Janeiro de 2013]!

Um sonho se torna realidade. Foi revelado na tira descartável […]