Tag Archives: Wao World

Showa Monogatari, o anime que, acho, só eu vi…

Quando eu vi pela primeira vez a lista de animes da temporada de primavera, um que me chamou bastante a atenção foi Shouwa Monogatari. A sinopse era simples: A história acompanha a vida da família Yamazaki em Tóquio durante o ano de 1964 (39º ano da Era Showa), ano em que o Japão foi sede dos Jogos Olímpicos. Sim. só isso. Essa é a sinopse da série. Agora vem o porquê dessa série ter me chamado a atenção.

Eu gosto muito de séries históricas. Sejam elas animes, live-actions ou seja mais o que. Acho interessantíssimo estudar o passado de um povo, principalmente quando minha vida está tão ligada a essa cultura, como é o caso do Japão. Porém, não foi esse o principal motivo para eu assistir ao anime, mas sim a ambientação do mesmo.

Showa Monogatari começa na virada do ano de 1963 para 1964. Vinte e três anos antes, o Japão tinha acabado de atacar Pearl Harbor nos EUA e entrava de cabeça na 2ª Guerra Mundial contra o ocidente. Quatro anos depois do ataque, receberia uma retalhação inesperadamente avassaladora, duas bombas atômicas em cima das cidades de Hiroshima e Nagasaki. Em 1945 o Japão se rendia aos Aliados na Guerra do Pacífico e assim entrava numa era de recessão pós-Guerra.

O povo japonês estava extremamente abalado e teve que aos poucos ir reconquistando sua honra e retomando as atividades do país. A ocupação dos Aliados só viria a cessar em 1952. Nesse meio tempo, o poder do Imperador (de nome Hirohito) como principal autoridade do país foi cessado e o Japão adotava um modelo democrático parlamentarista.

Um período de extrema tensão no país, muito trabalho de reforma, re-estabilização e etc. Para as pessoas velhas o suficiente para se lembrarem, o ano de 1964 portanto foi um ano de extrema importância para o país. A cobertura da Olimpíada de Tóquio mostrou ao mundo que a vida moderna no Japão estava se desenvolvendo nos rumos do mundo capitalista. A televisão mostrava que o Japão estava entrando de vez na comunidade internacional como um bom aliado. Os Jogos foram nada mais que o ápice disso, promovendo projetos sociais fortes no país ajudando também na retomada do patriotismo. A medalha de ouro do time japonês feminino de vôlei foi assistida por quase 85% da população.

Porém, essa época no Japão não era feita só de flores. Em 1969, por exemplo, tivemos o episódio em que mais de oito mil policiais entraram em conflito violento com estudantes em motim na Universidade de Tóquio (Toudai). O resultado foram graves baixas de ambos os lados em um evento que durou dois dias e parecia uma guerra.

Depois dessa ambientação histórica, creio que dê para entender a minha motivação para ver o anime. Como os responsáveis pela produção contarão a história? Será mera nostalgia ou teremos também um olhar verdadeiro e pesado sobre o Japão da época? Isso que me deixa motivado a ver essa série.

Dramas históricos familiares são comuns nos doramas da TV japonesa, agora é a vez dos animes. Um anime, de fato, voltado a um público bem mais velho, que possivelmente viveu a época, mesmo que ainda crianças. Interessante, de fato. Mas também tenho que avisá-los que é para poucos. Não é um anime com apelo universal e só pessoas interessadas por essa ambientação provavelmente gostarão.

Interessante notar que ao final de cada episódio, há um pequeno trecho com imagens reais do Japão, localizando o espectador nos locais mostrados durante o episódio em questão e dando um pequeno resumo da importância ou da história do lugar.

É a primeira série onde o estúdio Wao World trabalha sozinho e conta com a direção de Kugimiya Hiroshi, também estreando como diretor geral de um anime. Torço para uma boa série. Confiram um trailer de 1 minuto:

httpv://www.youtube.com/watch?v=6g_fSgrmjys

 

Quando eu vi pela primeira vez a lista de animes […]