Category Archives: Editorial

Editorial 013: Asura’s Wrath, UFC, EVO, Novo Tumblr, Estreias da Temporada e Promoção de Férias!

Depois de praticamente quatro meses desde que comprei minha cópia do jogo Asura’s Wrath pra PS3 finalmente pude começar a jogar. Não por minha culpa, mas pelos corriqueiros atrasos que os Correios vem praticando ultimamente.

Sobre o jogo, só posso dizer uma coisa: valeu a pena a espera. O jogo é sensacional! É testosterona em doses cavalares exalando da tela. É muita ação, porradaria, cenas épicas… e muito mais. Não vou aqui dizer que é o jogo perfeito. Mas ele é um mix de Heavy Rain e God of War com nível épico elevado à décima potência. Se você ainda não conhece o jogo, confere aqui a crítica do UOL Jogos, que eu acho bem sensata até certo ponto. Mas saiba que é uma experiência de jogo que todo gamer deveria aproveitar.

E falando em coisas épicas, sábado tem UFC e o main event será nada mais nada menos que a revanche de Chael Sonnen pra cima do Anderson Silva. Eu acompanho lutas há um bom tempo e, não sei se foi pela promo bem feita para essa luta, mas há muito não torço tanto prum lutador acabar com a raça de outro. Silva vai acabar com o Sonnen de uma maneira épica. Eu estarei lá, vendo ao vivo.

E puxando o gancho da luta, sexta (dia 6 de Julho) começa o campeonato de jogos de luta EVO 2012. Onde teremos alguns dos melhores jogadores do mundo competindo em Super Street Fighter IV, Ultimate Marvel vs. Capcom 3, Soul Calibur V, Mortal Kombat, King of Fighter XIII e Street Fighter X Tekken. Serão três dias de competição com as finais acontecendo domingo. O campeonato será transmitido ao vivo pela internet então fiquem ligados! Eu estarei assistindo! Para quem quiser conferir ao vivo, só clicar aqui.

Sobre “assistir” (nossa, estou um mestre em pegar ganchos hoje), comecei um novo tumblr há alguns dias: “DidCart Viu…“! Nele eu posto críticas do que eu assisto de filmes e até algumas séries. Confiram lá e, se gostarem, sigam!

Ok, agora to sem ganchos, mas que tal falarmos um pouco das estreias da temporada? Sim, eu comecei a assistir a alguns dos animes. Gostei de uns, não gostei de outros e estou fazendo a seleção de quais vou falar sobre aqui no Anikenkai. Não, dessa vez não pretendo falar sobre todos eles. Então provavelmente amanhã já devemos ter o primeiro “Primeiras Impressões” pintando por aqui.

E mais uma coisa deve pintar por aqui: a Promoção de Férias do Anikenkai! Isso mesmo, tem promoção vindo aí e eu já adianto que, para participar a pessoa terá que estar seguindo o perfil @didcart no Twitter e ter curtido a página do Anikenkai no facebook. O prêmio? Uma figure! Isso mesmo! Bem legal, né? Então aguardem que nesse final de semana vocês saberão como concorrer!

Depois de praticamente quatro meses desde que comprei minha cópia […]

Editorial 12: JBC tentando se redimir? O que isso significa para o mercado?

Recentemente foi dada a notícia de que Marcelo Del Greco havia saído da JBC. A otakusfera entrou em polvorosa. Foi nesse momento de estase que o departamento de marketing decidiu divulgar dois dos “novos” títulos da editora. A edição especial de Sakura Card Captor e Freezing para junho. Apesar do anúncio já ter um certo peso por si só, a editora ainda aprontou uma surpresa para todos nós. Ambas as edições virão com páginas coloridas e preços diferenciados. O que isso realmente significa? O que o mercado tem a ganhar com isso? São essas questões que eu pretendo desenvolver aqui com vocês…

Em primeiro lugar temos Sakura Card Captor. Que caso complicado. Começou há muito tempo atrás num furo onde descobriram o anúncio do relançamento e desde então virou a mais recente novela do mercado editorial brasileiro. Sai ou não sai? Era essa a pergunta que todos se faziam. Coincidências por coincidências, foi só após o Del Greco sair da editora que o anúncio da data da publicação foi feito. Engraçado que boatos diziam que o próprio havia colocado Sakura pra escanteio pra favorecer a republicação de Cavaleiros do Zodíaco pela zilhonézima vez… bem, são apenas coincidências.

O anúncio do relançamento foi ótimo, mas algo além disso chamou a atenção. Dessa vez, ao que parece, a edição especial seria especial de verdade… ou pelo menos um pouco melhor do que o que temos na banca regularmente (diferente daquela suposta ed. especial de Evangelion). Serão 16 páginas coloridas, de acordo com o press release e o preço final da edição ficará por R$14,90.

Vamos falar um pouco mais de coincidências…

Em setembro do ano passado eu fiz um post chamado Uma Breve Análise das Hipóteses Para o Mercado Nacional de Mangás e nele eu defendi algumas ideias que eu tinha para o nosso mercado e como aplicá-las. Uma delas foi justamente a ideia de passar os valores dos mangás para 15 reais aumentando a qualidade e publicando-os trimestralmente ou bimestralmente para não pesar muito no bolso do consumidor. Agora… quase um ano depois, começamos a ter uma evolução do mercado nessa direção. As páginas coloridas são, de fato, um aumento de qualidade frente às edições que vinhamos tendo… mas espera aí… é uma edição especial. Uma melhora na qualidade era o mínimo que eles poderiam fazer, não? Bem, se considerarmos o histórico da JBC eu não diria que era o mínimo mas sim, era o esperado para uma edição especial.

Então quer dizer que voltamos à estaca zero…? NOPS! Porque aí entra Freezing.

Apesar da qualidade duvidosa do título (não posso falar muito pois nunca li, só vi o anime), ele também veio com o anúncio de páginas coloridas. É… isso mesmo… uma edição “regular” com páginas coloridas. AGORA nós temos algo interessante. E querem saber o preço? R$12,90… apenas UM REAL a mais do que a editora está cobrando para os seus títulos “normais”.

Dois anúncios de dois novos títulos com páginas coloridas. Uma edição especial e outra edição regular…. chega de coincidências, isso não é mais uma coincidência. É claro que tem algo aí. A JBC parece, finalmente, ter acordado e decidiu arriscar. Aproveitou um momento favorável e decidiu jogar suas cartas.

A jogada foi bem planejada e eu acho extremamente louvável. É praticamente um teste de mercado. Dois títulos, com valores acima dos praticados atualmente, com um diferencial interessante (páginas coloridas) e saindo ao mesmo tempo. Um deles é um título de grande apelo no fandom, o outro é um tanto desconhecido, mas tem o apelo do fanservice. Depois de jogá-los nas bancas, a JBC vai ficar com o o lho aberto para ver se eles vendem bem ou não. Se venderem, podem esperar que vamos começar a ver muito mais títulos chegando por aí com uma qualidade melhor do que a que vemos hoje com preços pouco acima do praticado atualmente. Quem sabe, se Sakura e Freezing venderem razoavelmente bem a editora não resolva apostar suas fichas mais uma vez e trazer Soul Eater sob essa nova ideia? Nunca se sabe? E depois das páginas coloridas, o que vai ser? Melhora geral do papel usado nas edições? Pode ser!

O importante que temos que tirar desses dois lançamentos é o fato da JBC ter optado por arriscar. Ela sabe que colocar mangás com preços mais caros é algo que pode dar errado com o grande público, mas sabe também que páginas coloridas são um grande atrativo. Ela decidiu arriscar e é disso que o mercado precisa. Eu lembro como eu fiquei feliz da Panini ter colocado páginas coloridas em Air Gear e Basilisk, se essa iniciativa da JBC se mostrar eficiente e páginas coloridas se tornarem um padrão no nosso mercado eu ficarei muito mais feliz ainda e muitos leitores também ficarão!

É necessário arriscar, competir, tentar melhorar sempre. Tudo é um jogo, é preciso arriscar se quiser ganhar. A JBC soube tirar proveito de seu bom momento e jogou suas cartas. Resta saber se os consumidores vão aderir a ideia. É assim que deveria funcionar o nosso mercado e é assim que espero que funcione daqui pra frente.

Qual vai ser a primeira editora a melhorar de vez o papel de suas publicações?

Qual vai decidir trazer um pacote de mangás mais adultos?

Qual vai terminar Sanctuary (pedido pessoal meu)?

Dentre outros…

Opções de melhora não faltam, o que faltava era alguém para arriscar.

Recentemente foi dada a notícia de que Marcelo Del Greco […]

Editorial 011: Dia da Toalha e Coxinha

Hoje é dia 25 de Maio e como é de praxe se comemora o Dia da Toalha, em homenagem ao escritor inglês Douglas Adamas, autor da série d’O Guia do Mochileiro das Galáxias. Algumas pessoas consideram o dia de hoje como “o dia do orgulho nerd”, mas a minha opinião sobre isso ficou registrada aqui no ano passado (recomendo a leitura aqui).

Para quem não conhece essa série de livros, se trata de uma história de ficção-científica que se desenvolve logo após uma repartição espacial decidir explodir a Terra para criar um desvio para uma via espacial. O único terráqueo que conseguiu escapar foi Arthur Dent, que minutos antes, com a ajuda de seu amigo (que poucos instantes antes havia se revelado um alienígena), Ford Prefect, levantou o dedão para o céu e conseguiu carona numa nave espacial. Desse modo ele começa sua vida vagando pelo espaço como um mochileiro espacial se metendo nas maiores aventuras.

Vocês já devem ter notado que não se trata de uma série de ficção científica qualquer, há uma considerável dose de comédia aí. Porém, não se trata de uma sátira do gênero. Estão ali elementos de ficção científica e de comédia. Uma leitura que eu gostei muito de acompanhar e recomendo a todos.

Para comemorar essa data, além de andar com minha toalha a mãos, eu estava disposto a falar sobre algum bem nerd. Sobre algum anime clássico, alguma série de ficção científica, etc… porém quanto mais eu pensava e pensava sobre o que falar, mas eu não queria falar sobre isso… não hoje… não quando TODO MUNDO tá falando sobre algo nerd em todo canto da internet. Foi aí que ao chegar ao QG do Anikenkai realizo o melhor tema para falar sobre no dia de hoje…

COXINHAS!

Eu simplesmente adoro coxinhas. Não existe salgado mais gostoso. E meu gosto por coxinha é tanta que um dos meus objetivos de vida é conhecer todas as coxinhas do Rio de Janeiro (uma tarefa árdua e que demandará uma vida toda de comilança para completar).

Mas por que eu decidi falar sobre coxinha hoje aqui no Anikenkai? Oras… por que eu quis… e porque ninguém mais vai falar sobre coxinhas no dia de hoje além de mim!

Inclusive a paixão por coxinhas é algo que, além dos animes e mangás, eu tenho em comum com o meu querido colunista Fred.

Por isso, para fechar esse breve Editorial comemorativo, vou deixar aqui um ranking com as melhores coxinhas do Rio de Janeiro na minha opinião.

1º – Confeitaria Colombo (Centro)
2º – Lugar que vende salgados na Galeria Menescal (Copacabana)
3º – Lugar que vende Pastel Chinês do lado do Bob’s da Praia de Botafogo (Botafogo)
4º – Bristol, pastel chinês do lado do Mundial perto da Siqueira Campos (Copacabana)
5º – Fornalha (Vários lugares)

O critério usado para esse ranking foi, principalmente, regularidade na qualidade das coxinhas. Não adianta nada uma única vez estar boa, tem que todo dia estar boa!

Feliz Dia da Toalha e boas coxinhas para todos! Amanhã voltamos à programação normal aqui no Anikenkai. Um pouco de descontração de vez em quando não faz mal a ninguém.

Hoje é dia 25 de Maio e como é de […]

Editorial 010 – Novo layout e botando ordem na casa!

Foi engraçado. Eu estava procurando uma imagem nos meus volumes de Genshiken para ilustrar esse Editorial só que me peguei lendo de fato o mangá. Relembrando todas as cenas que eu adoro, parei em uma que é de muita importância para o mangá: a apresentação da Ogiue ao Genshiken. Só que percebi algo. Eu estava reconhecendo os kanji dos balões. Pela primeira vez consegui ler uma passagem de Genshiken em japonês e sem auxílio de qualquer dicionário! Minha felicidade foi extrema. E ainda pude comprovar uma curiosidade…

A tradução de Genshiken acabou sofrendo várias adaptações nos EUA e algumas, apesar de não afetarem diretamente o conteúdo geral, divergem do original em questão de tom. Eu explico.

A passagem 「オタクが嫌いな荻上です、特に女オタクが嫌いです。」foi traduzida para o inglês como “I’m Ogiue and I hate otaku, specially female otaku.”, que em português seria (em tradução livre) “Eu sou a Ogiue e odeio otakus, especialmente mulheres otaku”.

Apesar da tradução expressar exatamente o que a Ogiue quis dizer, o tom se perde um pouco na tradução pois a personagem coloca “odiar otakus” como um adjetivo para si mesma. “Eu sou a ‘odiadora de otakus’ Ogiue”. Ela dá uma forte ênfase nessa característica, essa é sua alcunha praticamente.

Poder entender identificar isso me deixou muito feliz e me deu um gás ainda maior para continuar meus estudos da língua japonesa.

E depois dessa introdução um tanto alongada, vamos ao que interessa: o novo layout do Anikenkai.

Como vocês já devem ter percebido, o Anikenkai mudou um pouquinho o visual. Isso aconteceu porque o tema usado aqui no blog anteriormente entrou em colapso depois de uma atualização e não tinha como corrigir de forma “pacífica”. Sendo assim, renovei o visual do blog de uma vez por todas, mas mantendo a essência que se estabilizou na versão anterior. Espero que vocês tenham gostado.

Gostaria de aproveitar esse editorial também para organizar de uma vez por todas a cabeça dos leitores quanto às colunas que serão presença constante no Anikenkai. Em virtude do meu tempo curto ultimamente, ficamos limitados a quatro colunas:

– Coluna do Fred

– Editorial

– ToC

– Recapitulando

Essas quatro serão as colunas do momento por aqui, sendo que o Diário de Bordo Gunpla e o Arquivo Otaku podem ser retomados a qualquer momento também.

Outro detalhe importante é que, agora que não faz mais sentido postar “primeiras impressões”, vou me dedicar a posts mais… como eu posso dizer… completos. Posts mais analíticos, comportamentais, etc. Faz tempo que eu quero voltar com esse tipo de post por aqui e nuca acho uma brecha para tal. Me dedicando a eles uma hora eles aparecem por aqui.

O motivo dessa mudança está no fato de produção de conteúdo. Enquanto posts como os de primeiras impressões tem sua importância, são nesses posts diferenciados que há a maior criação de conteúdo para os leitores. É aquele tipo de post que o leitor só veria aqui, que ele pode dizer “nossa, esse aí tem a cara do Anikenkai”.

Por fim, gostaria de dizer que foi bem legal conhecer a leitora Mônica Camacho. Espero poder conhecer mais leitores e trocar ideias com vocês, mesmo eu não tendo tido tanto tempo pra falar com a Mônica assim.

Bem, espero que vocês gostem do que está por vir aí no Anikenkai. Agora que minha agenda voltou “ao normal” pretendo colocar muito conteúdo legal aqui. Aguardem.

P.S.: Como vocês devem ter reparado, eu acabei não achando uma imagem para abrir esse post. rs.

Foi engraçado. Eu estava procurando uma imagem nos meus volumes […]

Editorial 009 – PC R.I.P., Vingadores e Otaku no Kitchen

E estamos de volta com a coluna Editorial, aquela que eu adoro escrever e boa parte dos leitores gosta de ler, mesmo comentando muito pouco. Para quem não está familiarizado com a coluna, é um espaço livre para eu falar sobre o que eu quiser envolvendo ou não o Anikenkai e/ou cultura pop japonesa.

Para começar, gostaria de explicar o porque dos últimos dias não ter tido nenhum post por aqui…

Meu PC morreu. RIP. Estou tentando ressuscitá-lo mas ao que parece é hora de chegar uma nova geração aqui em casa. Vou aposentar o OBELIX IV e montar o OBELIX V. Mas enquanto i$$o não acontece, minha vida online ficará bem restrita. Acaba envolvendo tanto as atividades aqui no Anikenkai quanto assistir a animes, séries, etc. Sendo assim, o ritmo de posts por aqui vai diminuir um pouco, infelizmente. Hoje estou tendo acesso ao notebook da minha avó, mas infelizmente não o terei para sempre.

Infelizmente essa é a realidade.

Mas por outro lado, posso pensar de maneira positiva e dizer que terei mais tempo para me dedicar aos meus estudos e a consumir outra forma de conteúdo como ver mais filmes (DVD, Netflix, etc) e jogos (tem um monte parado na fila!). Vai ser um período interessante. E apesar de tudo, prometo uns dois ou três posts por semana. ToC e Editorial devem rolar com certeza. Então continuem acessando,.

No mais, ontem tive o prazer imenso de assistir ao filme d’Os Vingadores em IMAX e recomendo MUITO! Deixem os animes de lado por um instante e corram para os cinemas para assistir a esse filme. Nada igual foi feito até hoje na história do cinema. Um dos filmes mais épicos e sensacionais que já vi em toda minha vida e o melhor filme de super-herói já produzido. ENTÃO PAREM DE LER ESSE TEXTO AGORA E CORRAM PARA O CINEMA MAIS PRÓXIMO! Aproveitem o feriado, não percam tempo. Eu devo ainda assistir mais umas duas vezes a essa bela película!

Por fim, não me alongando mais aqui porque o tempo é curto, estou indo fazer uma prova para concorrer a uma bolsa de iniciação científica na UFRJ. Torçam por mim! Com uma graninha entrando todo mês me sobra mais tempo para postar no Anikenkai em paz. Hehehe.

Até a coluna da semana que vem! Bom feriado para todos!

OBS: Se você não me acompanha no twitter, não deve ter visto ainda o novo canal do Anikenkai no Youtube. Lá você vai encontrar meu novo projeto, o Otaku no Kitchen. Já temos três vídeos no ar! Espero que vocês gostem! Não deixem de comentar e compartilhar!

E estamos de volta com a coluna Editorial, aquela que […]

Editorial 008 – Aniversário de 2 anos do Anikenkai e mais!

É isso aí, queridos leitores, hoje, dia 28 de Março de 2012 é o aniversário de dois anos do Anikenkai! Infelizmente não pude comemorar como eu queria (num belo restaurante japonês enchendo a barriga), pois como vocês sabem minha rotina está loucamente lotada de coisas pra fazer. Mas eu não podia deixar de fazer um post aqui.

Primeiramente gostaria de agradecer a todos que visitaram esse espaço nesse último ano. É por causa de vocês que o Anikenkai continua no ar, firme e forte, sempre buscando melhorar e melhorar. Mas um agradecimento especial às pessoas que comentam nos posts. Os comentários são a materialização das visitas. Quando eles param de ser números e viram pessoas! Obrigado mesmo!

Em segundo lugar, gostaria de agradecer aos meus colegas blogueiros que sempre estão dispostos a ajudar e a discutir sobre os mais diversos assuntos. Confiram os blogs desse pessoal ali no menu a direita… são vários de qualidade.

Por fim, o que eu peço para vocês agora é que comentem mais, me sigam no Twitter, curtam a página do Anikenkai no Facebook e assinem o feed RSS do blog. Além disso, compartilhem o conteúdo que vocês leram e gostaram aqui pois essa divulgação é muito importante!

E, se quiserem me dar um presente, que também vai ser legal para vocês, é só clicarem no banner da BookDepository ali e comprar um mangazinho. Vocês ganham um mangá com uma excelente qualidade de impressão, papel e edição, sem pagar pelo frete, e ainda dão uma pequena (mas ainda relevante, hehehe) contribuição ao Anikenkai.

Agora, fiquem com o resto do post Editorial. Lembrem-se: Não deixem de comentar e divulgar! Que venha mais um ano com mais posts e mais sucesso pro Anikenkai!

Se você tiver algo de interessante, que encontrou por aí, alguma informação, seja ela qual for, de algum site que você visita, etc, e que acha que ficaria legal de aparecer por aqui, só mandar e-mail para [email protected] com o assunto “Sugestão Editorial”.

————————————————–

Fotografando Cosplays

Eu confesso que não sabia que existiam fotógrafos especializados em Cosplay aqui no Brasil. Para mim era algo bem amador ainda. Porém, o último guest post do Gyabbo! me provou o contrário. Curioso.

Homenagem ao final de Bleach

Eu nunca gostei de Bleach e não sei como alguém pode, de fato, gostar. Mas pelo visto o pessoal do Chuva de Nanquim tem uma certa simpatia pela série e ficaram tristes com o fim do anime.

Relembrando 2009 e 2010

O Nahel Argama resolveu exercitar a memória e fazer posts revisitando os animes que valeram a pena serem assistidos em 2009 e 2010. Um bom post para você relembrar os animes que já viu e até conhecer alguns que deixou passar. Interessante.

Evento de Música Japonesa na Liberdade

Acontece na Liberdade/SP, dia 1º de Abril, o evento “Vamos Cantar em Japonês” na Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa
e de Assistência Social (Bunkyo), Rua São Joaquim, 381. O evento é realizado pela rádio NHK World Rádio Japão em parceria com a JBC e a Dô Cultura. Entrada Franca, mas limitada. Mais informações e inscrição aqui.

Bonecos de Yu Yu Hakusho

Apesar do Togashi ter resolvido tirar mais uma folga de Hunter X Hunter, os fãs de Yu Yu Hakusho tiveram um excelente lançamento em mãos: dois excelentes bonecos, um do Kurama e outro do Hiei. O valor de cada um é de 4600 yen (+- 102 reais). Podem comprar desse site que eu linkei seguramente.

Fotografando Monges

Para os fãs de artes marciais, trabalhos como o do fotógrafo polonês Tomasz Lewandowski são fantásticos. Ele fotografou o treinamento de kung fu de monges shaolin. Interessante.

Abre o Olho, Video Quest!

Um vlogueiro americano cuja especialidade era falar sobre animes e mangás foi preso acusado de assassinar os próprios pais. Será o preço da fama no fandom? Cuidado, Video Quest!

GON ganha jogo…

Você já deve ter visto em algum sebo ou livraria o mangá de GON aqui no Brasil. Pois bem, o dinossaurinho agora ganhará seu próprio jogo.

Colher de Prata

Hiromu Arakawa mal terminou uma série de sucesso como Full Metal Alchemist e já engatou um outro, Gin no Saji (Silver Spoon, Colher de Prata).  A nova série ganhou o Manga Taishou, um importante prêmio que existe desde 2008 e já premiou outras excelentes obras, como Chihayafuru. O prêmio veio a calhar bem na hora das informações de um possível adaptação em anime estar sendo feita.

Pokémon Tretta

Muitos fãs ficaram revoltados com o novo jogo da série Pokémon ser uma continuação das versões Black & White. No entando, a Nintendo já tratou de soltar boatos de um novo jogo, agora par ao 3DS, entitulado Pokemon Tretta. Maiores informações ainda não estão disponíveis, mas os fãs podem ficar sossegados que teremos sim um jogo 100% novo para aproveitar.

É isso aí, queridos leitores, hoje, dia 28 de Março […]

Editorial 007: Trazendo um novo formato para a coluna!

Começo hoje uma nova formatação para a coluna Editorial. Espero que vocês gostem e a usem. Ela irá se assemelhar muito, para quem conhece o jornal O Globo, à coluna do Ancelmo Gois. A ideia é trazer ao leitor bastante informação no formato de rápidas notas. Dessa forma, possibilitamos uma leitura rápida, com conteúdo e, ao que se espera, interessante. E outro acréscimo a essa coluna será o “blogroll do Anikenkai”. Há um tempo atrás era algo que eu fazia no Twitter, visitava todos os blogs que eu conheço e escolhia alguns posts recentes cujo conteúdo me foi interessante. Não necessariamente eu gostava dos temas, mas eram posts bem escritos e interessantes para meus seguidores, eu divulgava. Passarei a fazer isso por aqui também, com breves comentários algumas vezes. Mas relaxem que sempre teremos um comentário mais pessoal antes das notas. Sem mais enrolação, vamos lá…

Se você tiver algo de interessante, que encontrou por aí, alguma informação, seja ela qual for, de algum site que você visita, etc, e que acha que ficaria legal de aparecer por aqui, só mandar e-mail para [email protected] com o assunto “Sugestão Editorial”.

—————————————————-

Bouken-Ni

Se ainda não conhece, vale a visita ao blog Mundo Mazaki para conferir às tirinhas Bouken-Ni, que tem como intenção retratar o dia-a-dia dos otakus brasileiros. Divertidíssimo.

“Desconstruindo” [email protected]

O especialista em J-Music, Leo Kusanagi, fez em seu blog um excelente post sobre o anime de [email protected] analisando paralelamente com o mundo real das idols japonesas. Leitura recomendada.

A Resposta é 42

O Anime Portfolio trás uma nova coluna, “A Resposta é 42”, em que o objetivo, além de apresentar um tema, é ir atrás de perguntas sobre esse tema a fim de discuti-las com os leitores. Ideia interessantíssima e começam bem, falando sobre samurais!

Apreciando Takehiko Inoue

Em um post nada comum para o Chuva de Nanquim, nós somos levados a uma viagem pela arte do mangaká Takehiko Inoue em seu retorno aos trabalhos em Vagabond. Imagens belíssimas e bons comentários.

MMV

O Mangás Undergrounds trouxe mais um MMV, Manga Music Video, de autoria própria. É uma proposta bem diferente do que estamos acostumados, mas vale muito a pena assistir. Interessante e bem construído.

Exposição One Piece!

O blog Romance Dawn, que recentemente voltou das profundezas do oceano, nos trás um grandioso post onde coloca fotos, informações e uma entrevista traduzida do autor Eiichiro Oda sobre a exposição de comemoração aos 15 anos da série. Muitas curiosidades ali.


Tóquio 1995

E mais um post recheado de conteúdo foi postado no blog Otakismo. Dessa vez sobre o ataque terrorista ao metrô de Tóquio em 1995. Leitura densa, mas recompensadora.

TOP 50 Clássicos

No Nahel Argama você encontra uma lista dos 50 animes considerados mais “clássicos” na opinião dos japoneses. Tem uns curiosos aí…

Começaram as apostas!

Assim como o Anikenkai, outros blogs já começaram a fazer suas apostas para a próxima temporada de anime, como o Gyabbo e o Troca Equivalente. É sempre bom ver pontos de vista diferentes.

Tudo sobre Cinema

Me deparei com um livro muito bom sobre cinema na minha última ida à livraria. Com o revelador título de “Tudo sobre Cinema”, a obra trás informações sobre uma infinidade de filmes desde a época do cinema mudo aos dias de hoje. De fato uma excelente coletânea de conteúdo. Recomendadíssimo para quem gosta de filmes e quer saber mais sobre cinema.

Asura’s Wrath

A minha cópia já está a caminho e meu hype não poderia estar maior para jogá-lo, mas o review do GameTrailers ao jogo foi um soco no estômago. Eles deram 6.3 para Asura’s Wrath. Eu costumo confiar nos reviews do site. Mas antes de desistirem de jogar, baixem o demo grátis do jogo na PSN ou na Live. Não vão se arrepender… sério.

Comentários

Queridos amiches, eu sei que muitos de vocês não tem tempo de elaborar respostas completas sobre algum post, mas dizer só “análise feita com má vontade” não ajuda a melhorar.

Começo hoje uma nova formatação para a coluna Editorial. Espero […]

Editorial 006 – Video Quest, Tempo, 1 ano do Tsunami, Entrevistas, Melhores Aberturas da Temporada, Colaborem

Video Quest

Ontem entrou no ar o programa #30 do Video Quest. Para quem não conhece, se trata de um vlog sobre animes e mangás que a cada programa fala sobre uma série diferente, sempre com conteúdo e bom humor. Se nunca assistiram, confiram o blog dos caras aqui. Mas o motivo desse destaque é que esse último programa foi sobre Bakuman e, bem, vocês sabem o quanto eu gosto dessa série. Movido a isso, decidi fazer uma video-resposta curtinha comentando alguns pontos que eles abordaram. Confiram abaixo:

httpvh://www.youtube.com/watch?v=c-OZBlK14CM

Tempo

Já repararam como todo mundo diz que não tem mais tempo pra nada? Eu mesmo as vezes me vejo pensando dessa forma. Porém, a realidade é que 24h era tempo pra caramba e ainda é. Nesses dois últimos dias fiquei em casa por estar doente e pude ver que, na verdade, o que acontece é que eu aproveito muito mal meu tempo. E assim é com a maioria das pessoas. Só o tempo que a gente gasta procrastinando na internet é suficiente pra gente ler livros, estudar, ver filmes, ler um mangá, o que quer que seja. Claro que não é para pararem de usar a internet, mas usem de maneira inteligente. Pra que ficar apertando F5 no facebook ou no twitter esperando pra alguém postar algo interessante? Entrou, viu que não tem nada de bom, desliga e vai fazer outra coisa. Um dos meus objetivos para esse ano é aprender a administrar melhor meu tempo. Seja por necessidade academico-profissional ou para minha própria diversão.

1 ano do Tsunami

Dia 11 marcou a data de um ano desde o último tsunami que devastou parte do Japão. Eu fiz um post sobre o assunto, mas completo aqui nesse editorial com duas galerias de fotos enviadas a mim pelo leitor @quartiers. Elas fazem parte do blog The Big Picture, dedicado a fotografia, e tratam, naturalmente, do Japão pós-tsunami. Elas podem ser conferidas aqui e aqui. Belas fotos.

Entrevistas

As entrevistas para a coluna “Conhecendo a Blogsfera” estão sendo feitas em um excelente ritmo. Era para uma ter saído domingo, mas devido a contra-tempos deve acabar saindo quinta ou sexta. Outra já está no forno para sair domingo! Muita informação legal vindo aí para vocês! Será que vocês adivinham qual o próximo?

Melhores Aberturas da Temporada

Eu recebi um e-mail do leitor Marcelo Toppo (?) perguntando se eu faria um ranking das melhores aberturas dessa temporada como eu costumava fazer antigamente. Não, não iria. Porém, vou deixar aqui as três aberturas que eu mais gostei. Comentem.

Kill me Baby
Poyopoyo Kansatsu Nikki
Another

Colaborem

Eu tenho gostado muito de escrever essa coluna Editorial e gostaria de abrir ela ao público. Para isso, basta vocês enviarem dicas de materiais que acham que seria legal aparecer e ser divulgada por aqui. Como o @quartiers fez com as galerias de fotos. Vale o que for. Release de um evento da sua cidade que você ache legal, um DVD que você comprou, gostou e quer recomendar, um site interessante que você descobriu, o que seja. Basta enviar pela aba “contato” no menu ali em cima ou então me procurar no twitter no perfil @didcart. Conto com a colaboração de vocês.

Video Quest Ontem entrou no ar o programa #30 do […]

Editorial 005: Dia Internacional da Mulher, Yakuza na Marie Claire, Kindle, Japonês na UFRJ

Hoje é dia 8 de março, também conhecido como “Dia Internacional da Mulher”, um dia para as mulheres de todo o mundo lembrarem de suas conquistas através dos tempos. Parabéns a todas as mulheres do universo nesse dia. Mas é por causa delas que estou escrevendo esse editorial num intervalo que estou tendo entre duas idas à cozinha. Uma para fazer o almoço para minha mãe e outra para fazer uma torta de maçã que levarei para minha namorada mais tarde… porque convenhamos, muito melhor uma deliciosa torta de maçã que uma rosa.

No mais, tendo mencionado minha mãe, veio a cabeça algo que a mesma me mostrou hoje agora há pouco enquanto almoçávamos… a revista Marie Claire. Mas por que diabos estou mencionando essa revista aqui no Anikenkai? Uma matéria bem interessante sobre o trabalho de um fotógrafo belga que ficou dois anos acompanhando o dia a dia da Yakuza. Exatamente, o camarada vivenciou dois anos das vidas de uma das gangues da perigosa e respeitada máfia japonesa.

Acho que desde que comecei com o Anikenkai nunca havia pensado que poderia tirar uma pauta de alguma edição da Marie Claire, mas aí está. Recomendo a leitura da matéria. Claro que não recomendo que comprem a revista só para isso, mas se estiverem em algum consultório de médico/dentista/psicólogo/etc, leia. Edição de Fevereiro de 2012.

E aos que ficaram interessados pelo trabalho do fotógrafo belga, ele foi publicado no livro ODO YAKUZA TOKYO e está a venda no site do autor, http://www.antonkusters.com pelo preço de EUR 49,59… algo em torno de R$116,00. O frete me pareceu um tanto caro, para o Brasil, algo em torno de EUR 20,00 (+- R$50,00), mas o conteúdo e a edição parecem de altíssimo nível. Aceita paypal. Mais informações você encontra no site.

Por sinal, já que estamos falando de livros, vamos emendar mais um assunto e falar sobre o Kindle. Quem acompanha essa coluna sabe que eu comprei um na minha viagem aos EUA e estou testando várias de suas funcionalidades desde então. A qualidade mais recente que descobri foi a de que ele é muito mais confortável de se ler em um ônibus que um livro normal.

Isso se deve ao fato de ele ser muito leve,  oque facilita o manuseio durante a viagem; ao fato de você só ter que apertar um botão para mudar as páginas, o que evitar ficar chacoalhando o livro pra lá e pra cá o tempo todo; e obviamente ao fato da qualidade da tela ser impecável, melhor que qualquer outro tablet existente no mercado no quesito leitura. Já deu pra ver que eu me apaixonei mesmo pelo bichinho né? Meu companheiro nas viagens de ônibus para a faculdade, que ficaram bem mais longas esse ano.

E falando em faculdade (nossa, to bom nesse negócio de emendar assuntos…), já tive minhas primeiras aulas de japonês por lá e digo uma coisa a vocês… mesmo sendo a primeira semana, o ritmo é frenético e a cobrança muito forte. Totalmente diferente de um curso de japonês comum. Fiquem de olho caso queiram seguir por essa carreira, que a coisa não é tão simples quanto parece. Tem que gostar muito. Vou sair da faculdade expert em caligrafia japonesa.

Mas não vou desgastar esse assunto por enquanto… teremos bastantes oportunidades para falar sobre ele. Por essa semana é só. Não deixem de comentar e ler os outros posts do Anikenkai.

Hoje é dia 8 de março, também conhecido como “Dia […]

Editorial 004: Decisão de colecionador, mangás no Kindle e Anime Clubs.

Ontem o volume 2 de ST&RS chegou ao QG do Anikenkai e eu realizei que, além de provavelmente eu ser o único latino-americano a comprar esse mangá, o número de edições japonesas que eu comprei nos últimos tempos foi significantemente maior que o de edições americanas. Isso me levou a considerar um monte de coisas como colecionador. Há muito eu compro as edições americanas dos meus mangás favoritos por elas terem uma qualidade bem superior às nacionais. Começou com Genshiken e minha mais recente coleção é Bakuman. Mas por que eu comprava as edições americanas e não as originais japonesas então? A resposta era simples: Por que eu não sei japonês.

Bem, devido às mudanças recentes nas minhas escolhas acadêmicas, essa resposta não mais se aplica. Sendo assim, a partir de hoje, eu não mais comprarei edições americanas de nenhum mangá. Irei focar somente nas edições japonesas. Pode demorar algum tempo para que eu seja 100% capaz de ler um volume completo, mas não vejo mais sentido em gastar com edições americanas.

A minha primeira coleção de mangás japoneses foi Genshiken, depois foi Ring (mangá de Mitsutoshi Shimabukuro, autor de Toriko, que eu comprei por módicos 3 reais por edição em SP) e a mais recente foi ST&RS. Bakuman irá entrar nesse bolo e, provavelmente, Nisekoi também. Vamos ver como as minhas finanças vão aceitar isso, já que um volume japonês sai, mais ou menos pelo dobro de um americano. Acho que vou ter que dar uma segurada na minha compra de figures até me estabilizar nessa nova empreitada colecionável.

Mas mudando de assunto um pouco, decidi fazer os primeiros testes em ler mangás no meu recém comprado Kindle. O resultado final foi positivo.

Para começar, você precisa de um programa que converta os arquivos em formatos que o Kindle lê (como .pdf e .mobi). O Calibre deve dar conta disso.

Quando você iniciar o mangá em seu aparelho irá notar que ele estará menor do que você está acostuamdo. Afinal você sai do seu grande monitor para um aparelho que é menor que uma edição japonesa. Apesar de muitos provavelmente reclamarem disso e dizerem que não vale ler um mangá assim, eu discordo.

Primeiro porque a tela do Kindle tem uma excelente resolução e um excelente contraste. Isso significa que todos os detalhes do mangá estarão bem “impressos” lá, mesmo na tela reduzida. E segundo porque a tela do Kindle dá um conforto enorme para a leitura. Não existe iluminação interna, ou seja, sua vista não cansa. Terceiro, o aparelho é levíssimo. Posso levar uma quantidade ENORME de mangás para onde eu quiser e ter acesso a eles de forma rápida, fácil e leve. Posso ler onde quiser e quando quiser com uma bateria que dura dias.

O único ponto negativo é mesmo o tamanho, todo o resto é positivo e isso me deixou feliz. Se já não tivesse sido uma ótima compra, agora era ainda melhor. Eu pagaria feliz se houvesse um serviço oficial de distribuição de mangás para o Kindle… infelizmente o foco tem sido só para o iPad nesse quesito.

Por sinal, fiquem de olho que há rumores de que a Amazon estaria pensando em fabricar o Kindle no Brasil e oferecê-lo a um preço bem convidativo. Recomendo fortemente. E lembrem-se! Tudo que eu falei aqui é para o Kindle. Não posso opinar na performance de outros ebook readers pois não os usei.

Terminando os tópicos do editoral de hoje, quero falar sobre o próximo post que farei aqui no Anikenkai, sobre Anime Clubs. Eu não tinha pensado em fazer esse post por aqui, mas a reação de algumas pessoas ao post sobre a MegaCon 2012 me fizeram escrevê-lo. Ao que parece uma boa quantidade de gente por aqui não sabe como funcionam os clubes de anime, o que eles fazem, como funcionam, etc. Espero que meu post ajude vocês a compreende-los melhor e, quem sabe, não lançamos essa prática aqui no Brasil também? Eu sei que existem focos de Anime Clubs em alguns lugares do Brasil, mas a ideia é popularizar mesmo. Aguardem.

Para fechar, recomendo a vocês, fãs de One Piece, que visitem o recém-re-aberto blog do meu amigo Felipe Dios, Romance Dawn. Desde 2003 ele vem trazendo um monte de informações sobre a série de Eiichiro Oda para nós, brasileiros, e sempre com um grande cuidado aos detalhes. O site meio que passou por um “timeskip” há algum tempo e voltou recentemente no formato de blog, com uma nova proposta de postagens, mas com o mesmo cuidado por parte do seu autor. Se eu tivesse que destacar algo, seriam as traduções feitas diretas do japonês das SBS dos volumes japoneses. A última que ele fez foi a do Vol. 65. Para quem não conhece, as SBS são perguntas feitas ao Oda pelos fãs e que são respondidas nas páginas dos volumes encadernados. Se você acompanha em scans não tem a possibilidade de lê-las e tem muita informação legal!

Ontem o volume 2 de ST&RS chegou ao QG do […]