BEDA #17 – Vocês assistem animes antigos?

Conforme vou interagindo com fãs mais novos, reparo que o costume de assistir animes antigos vem caindo. Eu vejo mais e mais gente interessada em acompanhar os animes do momento ou que terminaram recentemente. Parece haver um senso de presente que não havia na época que eu comecei nesse hobby.

Se pararmos para pensar, faz todo sentido. Hoje temos maneiras de assistir os animes que estão saindo agora no Japão praticamente ao mesmo tempo que os japoneses. Acompanhamos as séries episódio a episódio e a descobrimos junto do resto do mundo. Claro que essa maneira de se consumir conteúdo tem seus atrativos. Há algo de mágico em se vivenciar uma série “em tempo real” junto dos seus amigos ou de outros fãs. Poder discutir, especular, etc. Tudo isso acumulado resulta em mais e mais gente querendo ver o que está saindo de novo. No entanto, quando eu estava começando a assistir mais e mais animes, a realidade era um pouco diferente.

Naquela época (por volta do início dos anos 2000), o legal era você descobrir novas séries e recomendar para seus amigos. A ideia de poder acompanhar algo ao mesmo tempo que saia no Japão era impensável. A nossa diversão era garimpar nos sites de download atrás de séries que já haviam terminado para assistirmos. Muitas vezes em uma tacada só.

Não importava quando a série havia sido feita, afinal, muitas só estavam chegando a nós naquele momento, por mais que tivessem sido exibidas nos anos 80 ou durante os 90. Era tudo novo. Se o anime fosse interessante, a gente assistia. Nós eramos constantemente expostos a diversas estéticas e era tudo muito normal.

Hoje, por sua vez, estamos muito imediatistas. Se uma série estreou há um ano ela já é considerada “antiga” por muita gente. Muitas vezes, se você pegar uma série de 2014 pra ver e quiser debater com alguém sobre o que assistiu, pode demorar um pouco até que você ache alguém disposto a isso. Afinal, “faz tanto tempo”. Há também quem se acostumou tanto com o “visual moderno” dos animes que assistir uma série mais antiga, com uma estética mais oitentista, por exemplo, causa-lhe suficiente estranheza para que ele não queira continuar assistindo.  Claro que estamos falando aqui não só de visual, mas há também mudanças narrativas e temáticas que colaboram para essa estranheza. É como ver filmes antigos e achá-los lentos demais.

Embora sejam reações compreensíveis, ao criarmos uma bloqueio a conteúdos antigos simplesmente pelo fato deles serem antigos nos privam de experiências muito bacanas que talvez não encontremos nos animes modernos. Um exemplo sendo a beleza da animação tradicional. Há algo de contagiante quando você pensa que o que você está assistindo foi desenhado a mão e fotografado quadro a quadro para formar animações com qualidade superior à grande maioria do que temos hoje em dia. Saindo um pouco da parte estética — pois acredito haver quem não se importe muito com isso — temos excelentes histórias que foram contadas no passado. Histórias essa que ficaram imunes ao efeito do tempo e continuam incríveis até hoje ou que, por mais que estejam datadas, de certa forma influenciam várias obras hoje em dia pois os criadores de hoje cresceram vendo esses animes “do passado”.

Por isso, fica aqui minha pergunta: Vocês assistem animes antigos? E por antigos, vamos trabalhar com animes feitos há mais de 5 anos. Se sim ou se não, compartilhem seus motivos. Ah, e se acharem interessante que eu faça uma lista com uns 5 animes antigos para assistir, deixem nos comentários também! Prometo fugir das recomendações manjadas!

PS: Se vocês gostam de ver animes que já acabaram mas sentem falta de ter alguém pra comentar sobre, recomendo que deem uma olhada na watch party do Anikenkai Anime Club. Lá nós assistimos semana a semana três episódios de uma série que já acabou junto dos nossos ouvintes e, claro comentamos bastante sobre!

Papo #BEDA

Gostaria de pedir desculpas pelo atraso desse texto. Ontem tivemos a primeira votação do impeachment da presidente Dilma e, além disso não ter me deixado em paz pra escrever, minha internet ainda não colaborou. Porém, não quis simplesmente pulá-lo então ou hoje ou amanhã teremos dois BEDAs! Olha que maneira boa de se começar a semana! Espero que eu consiga terminar o último post de primeiras impressões também. Obrigado por estarem sendo pacientes com ele.

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Conforme vou interagindo com fãs mais novos, reparo que o […]

21 thoughts on “BEDA #17 – Vocês assistem animes antigos?”

  1. Estava assistindo kimagure orange, e ja assisti uns 88 ep de legend of the galact heroes, mas parei por preguiça e tempo, gostaria de voltar a ver, porém esqueci a história e ouvi dizer que terá um remake em 2017 desde então estou esperando por este remake para continuar à assistir o legend.

  2. Adoro ver animes antigos… desde que sejam interessantes, eu vejo, independente da data de lançamento. Considero um anime antigo caso o mesmo tenha sido lançado há mais de 10 ou 15 anos, visto que é mais ou menos nesta faixa que se torna visível a diferença técnica entre obras antigas e recentes.
    Ao assistir animes antigos, é muito fácil perceber as diferenças de como eram e como são feitas as obras. Não só isso, como também dá pra perceber a diferença de valores da época. E o melhor… dá para maratonar a obra, tendo uma experiência ainda mais proveitosa em minha opinião (embora hajam séries que não devem ser maratonadas. Monster que o diga).

    Tenho aproximadamente 140 animes completos anteriores ao ano de 2000, e pretendo aumentar. Recentemente assisti ‘Oniisama e…’ e ‘Versailles no Bara’, clássicos da Ikeda Riyoko. Também ví os Gundams iniciais para participar da watch party, e há algum tempo, Gokinjo Monogatari. Logo provavelmente começarei o tão recomendado ‘Legend of Galactic Heroes’.

  3. Assisto muitos animes antigos, mas alguns embora saiba até de sua importância na História, não consigo assistir… Foi o caso de Versailles no Bara.

  4. Eu adora ver animes antigos, mas a maldição da temporada de animes consome todo meu tempo, por isso fico feliz quando term uma temporada ruim pois assim tenho tempo de ver uns animes antigos.

  5. Todo ano eu gosto de assistir pelo menos 1 anime das antigas. Esse ano eu já assisti 2 filmes da triologia de gundam e ano passado eu lembro que vi os OVAs de arslan senki.
    Realmente é bem diferente o traço dos personanges, mas acho que é questão de costume. Quando eu estava vendo arslan msm, no começo achei um pouco diferente mas antes do ultimo ova eu ja achava normal aquele design e animação.
    Agora, com relação aos jovens estarem vendo poucos animes antigos, eu acho que é uma situação dificil de mudar. Mts jovens tem bastante preconceito com o que não é da epoca deles, e consequentemente eles ficam esperando sair uma versão atual do anime ou então deixam por isso msm.
    Ah, e pra mim um anime é considerado antigo quanto tem pelo menos uns 10 anos ou mais. A animação da decada de 2000 eu acho super tranquilo de ver. Não me incomoda nem um pouco. Agora alguns da decada de 80/90 eu tenho um pouco mais de dificuldade para me adaptar

  6. Pra min os antigos ainda são os melhores, eu por exemplo sou o contrario do citado no post sinto um leve asco vendo animes novos. O traço, a história e pulando muito a produção em geral, a grande parte dos animes dispensam totalmente as trilhas sonoras(Não, OST não é só OP e ED.)

    E kimagure Orange Road que é o da capa da matéria é muito bem realmente recomendo.

    1. Não assisti Kimagure, me recomenda?
      Recentemente eu ia assistir Maison Ikkoku, só que acabei foi lendo o mangá porque era mais rápido.

      Uma dica que dou para quem fica com receio de assistir coisa antiga é que ser diferente dos animes de hoje causa a impressão de algo novo. Foi o que aconteceu com Maison Ikkoku. É uma comédia romântica boba como tantas que ainda temos hoje em dia, só que por ter sido escrita a tanto tempo algumas detalhes e dinâmicas são diferentes, ao invés de parecer velho é refrescante.

  7. Comecei a ver animes no final de 2013, e os primeiros que vi eram de 2005 e 2006.Dai fui vendo outros mais novos e também alguns mais velhos (Ex: Evangelion) e atualmente acompanho os da atual temporada, mas sempre procuro um mais “antigo” pra ver. Eu gostaria que fizesse o top “5 animes antigos para assistir”, com certeza seria de grande valor.

    Abraços.

  8. Eu, ao contrário de muitos, prefiro os animes antigos. Pelo traço, que me agrada mais que os dos animes atuais e por serem os que mais marcam pra mim. Hoje em dia eu sinto que são lançados no mercado muitos animes fúteis, que tem como conteúdo garotinhas fofinhas, com vozes irritantes e uma história péssima. Concordo com a parte do texto em que diz que animes lançados ano passado já se tornam “antigos” acredito que isso é devido a enorme quantidade de animes que é lançado. Mas, independente de ser antigo ou novo, se tiver uma ótima história com bons personagens vale a pena ser visto, não importando o traço ou coisas do tipo.

  9. Tenho preferencia por animes que já estejam fechados, por isso acabo não acompanhando muita coisa que está saindo agora.
    Gosto de animes antigos, e estou tentando assistir o Monster, mas o ritmo dele realmente está sendo um problema para mim.

  10. Ultimamente eu não tenho muito tempo pra ver uma grande maratona ou pra acompanhar alguma raridade pois penso que só quero ver um da temporada atual e assistindo o primeiro de cada título descobre que terá uns 10 animes da temporada pra assistir. Mas ultimamente estou a procura de algo mais antigo ou “da minha época”, tanto que recentemente terminei de assistir Bubblegum Crisis Tokyo 2040 (e dublado) e adorei a experiência, além de ver alguns filmes do Studio Ghibli (como Nausicaä). Agora vou ver outros títulos que até deixei de lado por não conseguir acompanhar ou não tinha outro meio para ver, pois vai que essas raridades ficam no esquecimento e ninguém vai lembrar.

  11. O último anime antigo que assisti foi Record of Lodoss War, no mês passado. A nostalgia foi imensa e me compeliu a buscar coisas mais datadas, como Harlock e outras obas de Leiji Matsumoto.

    Mas não preciso ir tão longe quanto os anos 80 ou 90 para encontrar diferenças com aquilo que vemos atualmente. Comecei a assistir FMA Brotherhood (que já tem mais de 5 anos!) esse mês, pois só havia assistido a animação anterior e lido o mangá e estava com saudades da série. Não consigo ver menos do que 3 episódios seguidos por dia, algo que raramente acontece com séries atuais, mesmo que sejam curtas. Algo parecido me aconteceu com Seirei no Moribito no começo do ano. Histórias sensacionais, animação de qualidade, tudo muito envolvente.

    Continuo acompanhando animes atuais (essa temporada está cheia), mas sempre acabo voltando para os antigos.

  12. “Anime antigo”… “5, 10 anos atrás”.
    Antigo para quem? Pré adolescentes?

    Vou falar, sim, as vezes anime “antigo” pode causar estranhamento porque em outras épocas havia outras modinhas. Então você não estranha pela idade, estranha apenas pelos costumes diferentes, mas nada demais.
    Não deveria haver nada demais em assistir animes antigos. É a mesma coisa com filmes, livros. As ferramentas usadas na época podem ser diferentes e parecerem primitivas comparadas com o que o temos hoje, no entanto fora isso não há muita diferença. Ao invés de olhar para eles como “animes antigos” olhe para eles como apenas “animes”. No início eu tinha algum preconceito, o que é normal, depois que você assiste dois ou três isso passa. Tem muito anime bom disponível para você assistir, se eles foram feitos antes de você nascer é detalhe.

  13. Então, eu tenho uma opinião bem específica sobre isso, mas considerando que farei um post todo se resume à (TL;DR) do que adianta acompanhar o que há de novo se eu preciso separar o joio do trigo e fico sem o que comer por temporada?

  14. O meu problema é mais com a parcela que se diz saudosa e não assiste nada fora do que viu na infância e se vê no direito de criticar quem aproveita os dois mundos.

  15. De vez em quando pego animes antigos para ver, gosto muito, o mais velho que vi todos os episódios até agora é o Gundam de 1979, achei a história dele bem legal, porém o Zeta Gundam foi muito melhor para mim.

  16. Comecei a acompanhar Rurouni Kenshin recentemente, e me apaixonei! “Kawai”. Conhecia o anime já um tempo, porém por algum motivo nunca assistir. Sempre fui fã de animes, porém mais ainda dos antigos, para mim eles tem um toque especial.
    Espero que a pag. traga mais novidades tanto de Samurai X , quanto de outros animes antigos!

Deixe um comentário!