BEDA #13 – Finalmente experimentei um aparelho de VR!

Eu sou um mega entusiasta de novas tecnologias. Quando essa onda de realidade virtual voltou à tona há alguns anos eu fiquei muito empolgado e agora, finalmente, estamos podendo ver os primeiros modelos high-end chegando ao mercado. Porém, apesar disso, eu nunca tinha experimentado nenhum desses visores VR… isso até hoje!

Minha mãe decidiu comprar um celular novo e me pediu ajuda para ir com ela. Como bom filho a acompanhei e fomos à loja da operadora. Chegando lá ela acabou optando pelo novo Galaxy S7 (despertando minha profunda inveja tecnológica). Quando o vendedor voltou do estoque, trouxe junto um Gear VR que a Samsung decidiu dar de brinde para quem fizesse a pré-venda do aparelho. Acabou que alguns sobraram e eles estavam dando pros clientes que comprassem o novo telefone mesmo sem ser na pré-venda.

Para quem não conhece, o Gear VR é o óculos de realidade virtual da Samsung feito em parceria com o pessoal da Oculus, que desenvolve o Oculus Rift. Diferente do seu primo mais famoso, o Gear VR não tem tanta capacidade tecnológica assim. Na verdade, ele é praticamente um case onde você encaixa teu celular. Porém, já havia visto reviews comentando que a experiência VR, embora limitada, era bem interessante. Como eu nunca tinha visto nada do tipo até hoje, para mim, provavelmente iria estar de bom tamanho. E sendo dado de graça então… melhor ainda!

Chegando em casa tratei logo de configurar o bichinho e botar ele pra funcionar e… podem acreditar… foi uma experiência muito, mas muito legal!

A quantidade de aplicativos disponíveis para o Gear VR ainda não é muito grande, mas fiz questão de testar boa parte deles para conseguir aproveitar ao máximo as capacidades do aparelho. Curiosamente, os três que me chamaram mais a atenção não foram joguinhos, mas sim dois aplicativos de vídeo e um de mapa!

store-huge-5

O primeiro de vídeo é obviamente o da Netflix. Eles fizeram um app todo desenhado exclusivamente para o Gear VR que coloca você em uma sala de estar customizada, na frente de uma TV que simula 110” onde você pode consumir todo o conteúdo que o Netflix te dá direito. A qualidade da imagem da televisão não tem a mesma qualidade que você vê em uma TV a olho nu. Uma combinação da falta de capacidade do aparelho, mas também porque o Netflix não quer. Porém, toda a experiência de você ir parar num ambiente completamente diferente para assistir aquele conteúdo sem qualquer distração externa mostra um potencial incrível!

maxresdefault (1)

Por falar em experiência, o segundo app que me interessou muito foi o Oculus Cinema que coloca você literalmente dentro de um cinema de frente para uma tela GIGANTESCA onde você pode assistir aos seus próprios vídeos. Inclusive os vídeos em formato mkv! É como você pegar a experiência do app da Netflix e elevar à décima potência! Imagina ver um anime que provavelmente nunca vai chegar aos cinemas do Brasil nessa sala virtual? A sensação é de realmente estar em uma sala de cinema — ou em um home theater particular ou até na lua — e a qualidade do vídeo parece estar claramente melhor. Para mim, cinéfilo que sou, não teve app melhor. Para melhorar, só colocando controle melhor para mudar legenda, configurar a qualidade do vídeo, etc. Acredito que isso virá com o tempo.

streetviewvr4-2560x1440

O terceiro app que quero comentar aqui é o Streetview VR, que funciona mais ou menos como o Google Street View, só que em VR! Ou seja, você pode ir para qualquer lugar do mundo com um simples toque! O app funciona bem melhor do que eu imaginava e, além dos mapas comuns, ainda conta com áreas especiais em que você entra numa especie de foto panorâmica e pode olhar ao seu redor. Normalmente isso acontece em monumentos históricos ou em lugares muito famosos como o estádio do Maracanã! É uma experiência que eu nunca tive igual e é bastante recompensadora.

Sei que o Gear VR é apenas a base do que temos em questão de realidade virtual chegando ao mercado. A qualidade da imagem não é das melhores e acredito que não deve ser bom para seus olhos e pra sua cabeça ficar naquilo ali por horas. Porém, vendo o que um simples aparelho como esse pode fazer, eu fico imaginando como deve ser a experiência usando um Oculus Rift ou então o futuro Playstation VR! Depois dessa breve demonstração que tive, fiquei ainda mais empolgado com essa onda de realidade virtual. Jogar com um aparelho desses deve ser realmente uma experiência e tanto! Estou realmente empolgado agora. Me sinto uma criança prestes a ganhar seu Nintendo 64.

Vocês já experimentaram algum óculos de realidade virtual? Já experimentaram o Gear VR? Querem experimentar? Deixem suas opiniões aí nos comentários!


Papo #BEDA

Estamos chegando quase na metade do BEDA, que emoção. Sei que nem todos os posts serão do agrado de vocês, mas sinto que tem sido uma experiência bem gratificante postar todo dia por aqui. Mesmo que o conteúdo as vezes fuja um pouco do escopo “anime”… como é o caso desse aqui. Mas vejam que mesmo assim eu consegui colocar algo envolvendo animes quando falei do Oculus Cinema. rs. Bem, falo mais quando chegar na metade de fato do BEDA. Até amanhã!

Sobre Diogo Prado

Tradutor, podcaster, jornalista, amante de cinema, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Eu sou um mega entusiasta de novas tecnologias. Quando essa […]