Animes da Temporada de Verão 2014 – Apostas e Sugestões

Sim! Podemos dizer que a temporada de Verão 2014 começou hoje e com ela uma onda enorme cheia de animes vai estrear. Como já é de costume, nós aqui do Anikenkai demos uma olhada na lista de estreias e vamos reunir nesse post nossas apostas e sugestões. E quando eu digo “nós” dessa vez é “nós” mesmo pois resolvi trazer, além de mim, Diogo, o Fred e a Clara, colunistas aqui no blog, para comentar os novos animes. Agora vocês terão opiniões de três pessoas com gostos bem diferentes. Toda (ou quase toda) a equipe do Anikenkai reunida para tentar dar a vocês uma boa base para decidir o que assistir ou não nessa temporada.

Vale lembrar que não falaremos de todos os animes da temporada por aqui, afinal, nem todos nos interessaram. Também não ocuparemos espaço com sinopses, para isso vocês tem o ótimo post do Gyabbo – Guia da Temporada de Verão 2014.

Espero que vocês gostem e, ao terminarem de ler, deem uma passadinha lá nos comentários e deixem suas apostas também. Vale lembrar também para vocês ficarem ligados aqui no Anikenkai no decorrer da próxima semana pois teremos vários vídeos e posts de primeiras impressões conforme os animes forem estreando.

Vamos a eles!

———————————————————————-

Glasslip

Diogo: Começo com esse anime pois esse tipo de série focada bastante nos personagens costuma me atrair bastante. Um grupo de estudantes do interior do Japão passando um tempo juntos nas férias de verão. No entanto, o lado negativo desse tipo de série é que não tem muito como saber o que vai sair daí. O trailer não mostra muito da história, mas faz questão de mostrar a qualidade da animação. Se vai ser um anime realmente bom tudo vai depender dos personagens e da ambientação. Não é fácil, mas tenho uma sensação boa quanto a Glasslip.

Fred: Mais um anime onde nada acontece. Confesso que curto um pouco animes desse tipo, mas eu não costumo me identificar ou curtir os personagens porque esses animes costumam retratar uma realidade muito diferente da minha. Sem isso, são só animes chatos mesmo.

Zankyou no Terror

Diogo: Nova obra de Shinichiro Watanabe já me chama a atenção. Simplesmente não dá pra negar o hype que vem com o nome do cara. Junte a isso uma história que parece bem interessante e temos um forte candidato a meu favorito da temporada. Ataque terrorista, ambientação moderna, suspense… Espero que Watanabe venha com tudo nesse anime. Um dos que eu mais aposto fichas nessa temporada.

Fred: Ok, vamos combinar de não esperar mais nada do Shinichiro Watanabe ate ele fazer alguns animes legais? Cowboy Bebop e Samurai Champloo são adolescentes já e depois disso tudo tem uma tremenda qualidade duvidosa… Dito isso, parece ser o melhor anime da temporada, amei e acho que farei de cada episódio meu messias, com uma biblia personalizada e tudo. Venha pra mim Shinichão!

Clara: Uma palavra bastou para chamar minha atenção para esse anime: paranóia. Seja se expressando de maneira grupal ou individual, pode ser um tema muito rico se bem explorado. Como será trabalhado em cima dos gêneros psicológico e thriller, estou esperando algo mais interessante que apenas gente surtada em um terrorzinho qualquer. É impossível não ficar curioso com a sinopse, ainda por cima se tratando de um anime original!

Akame ga Kill!

Diogo: Anime baseado num mangá que eu nunca li mas já ouvi falar. Um jovem lutador decide ir até à capital em busca de dinheiro para sua vila. Ao chegar lá ele se depara com vários problemas e um terrível cenário de corrupção. Ele então é recrutado por um grupo de assassinos que visa acabar com esse problema. Merece uma chance. A sinopse parece legal e a animação está muito boa. O design dos personagens ainda me incomoda um pouco, mas acho que não irá comprometer. Um anime de ação que pode ser muito bom. Veremos.

Fred: Humm… Pode ser legal… Não que não seja mais do mesmo, mas é sempre bom ver alguns animes de porrada. Não vou mentir, não verei, mas sei lá, vai que é bom, né.

Tokyo ESP

Diogo: Uma estudante colegial extremamente pobre ganha poderes especiais, sendo o principal deles o de atravessar objetos sólidos. Então… mais um anime de um mangá que eu nunca li mas já ouvi falar. A sinopse não diz muita coisa nem o trailer. Como não estou com vontade de ler o mangá, vou conferir o primeiro episódio pra ver qualé. Se vai ser bom? Não tem como dizer agora.

Fred: Um anime sobre a Lince Negra? Como não ficar ansioso? Claro que a premissa não diz nada sobre o que será isso, mas acho que vale a conferida.

Barakamon

Diogo: Um jovem calígrafo é exilado em uma ilha por bater em um calígrafo famoso. Acostumado com a cidade grande ele terá que se adaptar à nova vida na ilha. Eu achei o conceito desse anime bem diferente e por isso decidi colocá-lo na minha lista. Um anime sobre caligrafia? E de comédia? Não lembro de já ter visto algo assim. Além disso, a pitada de “choque cultural”, para mim, é sempre bem vinda. Não teria motivo para deixá-lo de fora.

Clara: Também pretendo conferir Barakamon! Adoro histórias que ocorrem no interior e o clima deste anime parece bem light-hearted, estava procurando por algo assim. Se gostar, com certeza passarei pro mangá, que é a mídia original.

Free! Eternal Summer

Diogo: Free! não é o meu tipo de anime, mas eu tenho que reconhecer que para seu público alvo ele é um must. Sendo assim, fica a sugestão para quem viu a primeira temporada e curtiu.

Fred: Nunca me interessei por Free! e não é porque são garotos nadando e não meninas moe, mas porque o Kyoani é um estúdio que só faz animes fracos que fazem sucesso por um ou outro motivo, que nunca a qualidade real da série.  Óbvio que aqui não seria diferente e teremos mais do mesmo total.

Space Dandy 2

Diogo: Eu adorei a primeira temporada de Space Dandy. Não teria motivo para não assistir à segunda. Se você ainda não assistiu, assista. Vai. Agora.

Sengoku Basara Judge End

Diogo: Acho que só eu vou assistir esse anime aqui do pessoal do Anikenkai e não conheço muita gente que curta além de mim. No entanto, é um guilty pleasure que eu tenho. Essa é a terceira temporada, mas acho que não vai fazer muita falta se você não viu as outras duas. Na dúvida, assista e me diga se gostou. Para quem não conhece a série, ela reconta, com uma boa dose de liberdade poética, momentos do Período Sengoku no Japão onde diversos generais disputavam territórios por todo o Japão. Nessa temporada, a Batalha de Sekigahara, uma das mais famosas da história do Japão.

Shirogane no Ishi Argevollen

Diogo: Esse anime caiu na categoria “tem robô então eu vou assistir”. Não curti tanto o visual dos robôs, mas não vou deixar isso me afastar. Basicamente o anime seguirá aquela premissa de dois países em guerra e o menino principal tendo que pilotar um mecha para se salvar. Infelizmente não tenho muito mais o que me apoiar para dizer que esse anime pode ser bom. Verei o primeiro episódio, mas não coloco minhas fichas nele.

Fred: Eu adoro animes de robôs e esse tem uma premissa interessante, porém o fato de ser dirigido pelo Atsushi Ootsuki, cuja carreira consiste quase só de animes echii me deixa com um pé atrás. Mas até aí, Code Geass tem um monte também e é um dos melhores animes de mecha de todos os tempos, então fico no aguardo.

Aldnoah.Zero

Diogo: Já esse anime de robô, além de se encaixar na categoria “tem robô então vou assistir” ainda me agradou bem mais no quesito visual e sinopse. Parece que vai ter uma pegada sci fi maior, o que é sempre bem vindo. Nos anos 70, durante uma exploração lunar, descobriu-se uma hipervia que possibilitou a migração de terráqueos para marte. Tempos depois, os dois planetas ameaçam entrar em guerra. Me pareceu bem interessante e creio que irei me agradar com ele.

Fred: É robô, mas parece ser medíocre e sem anseio. Mas pode ser que surpreenda se for bem conduzido.

Clara: Quando eu era pequena, nutria um certo fascínio por Marte e me perguntava se um dia poderia morar no planeta. Conforme os anos se passaram, fui perdendo as esperanças, mas nunca imaginei que meus conterrâneos atacariam a Terra, onde eu sem escolhas sou obrigada a residir! rs  Piadas de infância à parte, estou mesmo ansiosa por este anime: com uma boa animação, mechas legais e um background especialmente divertido pra mim, confesso que deposito expectativas.

Sailor Moon: Crystal

Diogo: Quando anunciaram um remake de Sailor Moon eu já fiquei com um pé atrás. Quando saiu o design novo das personagens eu não curti, mas aceitei. Aí saiu a cena de transformação e eu achei realmente sem graça. Um CG fraco e que perde para a cena original… feita mais de 20 anos antes. Não boto fé nenhuma nesse anime e nem sei se pretendo assisti-lo.

Clara: Não que eu tenha um carinho muito especial por Sailor Moon, mas é sempre divertido acompanhar animes mahou shoujo com as amigas. Ainda mais um que remete à infância, a nostalgia é irresistível. E sim, eu ainda me divirto com “eu sou personagem x, você é y!”. rs

Dramatical Murder

Diogo: Não gostei. Mesmo. É sci-fi e eu deveria me agradar com isso, mas sei lá… nem a sinopse nem o trailer me chamaram a atenção. No futuro, boatos que pessoas começaram a desaparecer jogando um jogo de luta virtual começa a se espalhar. Um jovem que até então se mantinha distante do jogo decide entrar para investigar tais desaparecimentos. Não me interessei. Já perdi a conta de quantas vezes já vi essa premissa e nada me indica que Dramatical Murder fará algo melhor que os outros.

Fred: Parece ser… Legal… Mas é fogo. Anime de ficção cientifica é uma área complicada. São tão poucos os bons que esperar muito de um é como esperar que a lady gaga volte a fazer sucesso. Pode até rolar, mas melhor ficar sentado. Vamos ver…

Clara: Meu primeiro contato com DRAMAtical Murder foi através de uma figure muito bonita do Aoba, o principal da série, e desde então estava inquieta de tanta vontade de conhecer melhor aquele personagem. Claro que um anime é sempre bem-vindo, mas ainda pretendo ler a visual novel – então fiquem no aguardo por um post comparando a adaptação com o original ao final da temporada! Após Yami Shibai 2, é o anime que mais aguardo da temporada!

Outras Apostas, Sugestões e Comentários (Fred e Clara)

Fred:

– Bakumatsu rock: Bandas de Rock misturada com anime de época. A idéia é completamente surreal, então provavelmente será péssimo, mas se for trabalhada de um modo que não se leve a sério, talvez seja divertido.
– Futsuu no joshiko: Achei genial a ideia de fazer um por trás da fama de idols japonesas. Muito legal mesmo. Tem que ver se será bem desenvolvido, mas muito me agradou.
– Maido!: Episódios curtos de 3min cada sobre situações engraçadas de uma família. Pode ser muuuuito legal. Tem tudo pra ser bom, mas anime de comédia é aquela coisa. Só vendo pra saber se é engraçado mesmo.
– Sabagebu: Garotas na escola pegando em armas e fazendo treinamento militar em um anime no estilo survival. A premissa me lembrou Fumuffu, que ainda é um dos melhores animes de comédia de todos os tempos. Com certeza não será tão bom, ainda mais que a protagonista é menina e bonitinha, o que infelizmente levará tudo pra um caminho sem volta rumo a moeland, mas pode ser que seja legal no fim.
– Yami Shibai 2: Pra quem viu o original, esse é prato cheio. Pra quem não viu, veja. Só quatro minutos da sua vida que você perderá se não gostar e se gostar, você gostou.
– Ao Haru ride: Menina foi segregada por suas colegas por ser bonita e fofa demais. Agora ela está determinada a mudar sua imagem. Olha, me pareceu ser bem interessante heim. Lembrou até um pouco Karekano porque sou um maluco que faz comparações sem sentido. Acho que tem tudo pra ser uma comédia romântica legal. Curti mesmo.
– Momo Kyun Sword: Reimaginação da lenda de Momotarou só que com garotas fofinhas e com pouca roupa. Fala sério. Qual será a próxima? Uma reimaginação da segunda guerra com o imperador Hiroito como uma loira peituda moe? Porra.
– Majimoji: Garoto tarado é evitado por todos na sua escola. Um dia na biblioteca ele encontra um livro ensinando como convocar bruxas. Ele consegue e ela decide conceder-lhe um desejo. A gente sabe que no fim tudo que vai ter na série são peitos e… Só. Mas achei a premissa legalzinha. Por que não ver, né? Não é como se eu tivesse coisa melhor pra fazer. Verei com minha bacia de doritos de um lado e minha coca cola três litros do outro.

Clara:

– Yami Shibai 2: Sem dúvida o anime que deposito mais expectativa, simplesmente porque a 1ª temporada me conquistou por completo. Apesar de ter havido episódios fracos, o clima geral do anime é bem legal e original, com sua animação imitando o Kamishibai (técnica tradicional de contar histórias pelo uso de bonecos e rolos de papel). Claro que espero que os contos de terror desta vez sejam ainda mais fortes, mas confesso que mais do mesmo já será muito satisfatório.
– RAIL WARS!: Uniformes. Trens. Sendo bem honesta, é só isso que me interessa mesmo. Um anime de ação sobre o sistema ferroviário japonês. Realmente não sei o que esperar desse anime e nem se ao menos vou acompanhá-lo até o final, apenas vi muito potencial estético em um mesmo lugar. rs

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Sim! Podemos dizer que a temporada de Verão 2014 começou […]