Editorial: Uma nova fase para a minha vida animística/mangazeira

E cá estou eu de volta. O final do período foi puxado, tive que me ausentar do Anikenkai para subir o Himalaia e focar nos estudos, mas consegui, felizmente, terminar tudo sem maiores problemas. No entanto, nesse tempo ausente, eu pude dar uma maturada maior em algumas ideia e tomar algumas decisões que já estava querendo tomar tem tempo para a minha vida animística/mangazeira. Não é de hoje que eu venho observando umas mudanças no meu padrão de usufruir animes/mangás. Lembro que já em 2012 eu via aonde isso ia dar, com o post Relembrando Animes de um Passado Recente.  Na época escrevi que tava parando de ver tanto anime semanalmente, a cada nova temporada. Porém, isso não se tornou uma realidade como eu achava que se tornaria. Demorou dois anos, mas agora, em 2014, posso dizer que estou, de fato, entrando no que chamei lá de Fase de Produção Selecionada. Hora de parar de assistir animes semanalmente, temporada a temporada.

HLtZu

Antes de mais nada, não se assustem se vocês gostam dos posts (e agora vídeos) de primeiras impressões. Eles continuarão, assim como os de apostas da temporada. No entanto, passados os primeiros episódios, eu só irei assistir aos animes que me interessaram quando os mesmos estiverem terminado.

Mas vamos aos motivos por trás disso…

Conforme vamos crescendo, vamos tendo mais responsabilidades e compromissos. O tempo que nós temos para nos dedicarmos ao nosso hobby, infelizmente, diminui. Isso, por si só, já nos deixa mais seletivos no que decidimos ler/assistir/jogar/etc. Porém, não é só isso. Decido a esses fatores, não é mais tão fácil lembrar da história de cada uma das séries – incluo tanto animes quanto mangás – que você acompanha semanalmente. Você acaba confundindo as coisas, ou esquecendo de certas partes e, no final das contas, se vê na situação de: assistir a elas de maneira superficial ou de acabar se focando em uma ou duas que mais te interessaram e esquecendo as outras que começou.

Assim sendo, hoje, eu acabo tendo mais prazer quando “maratono” uma série do início ao fim, ou vejo um pack de episódios, do que acompanhando semanalmente. Essa consequência da situação anterior acaba sendo mais um dos motivos que me fez tomar essa decisão. Além disso, cada vez que paro pra ver a quantidade de séries já finalizadas – antigas ou recente – de excelente qualidade que eu tenho pra ler/assistir parar com os animes semanais se torna ainda mais fácil.

Porém, é claro que existe um lado negativo nisso. Você perde o “momento” das coisas. Eu tive uma experiência com isso na época de Madoka Magica. Eu só fui ver a série após ela ter terminado. Não só isso como esperei os episódios saírem em blu-ray para assisti-los. Foi difícil? Num primeiro momento sim, pois era chato ficar de fora das discussões no twitter, mas depois eu vi que não fez falta e eu digo que curti muito ter visto a série numa tacada só em excelente qualidade.

Deixo claro também que minha decisão não é algo radical, definitivo. Se tiver uma série que eu acho que é válido acompanhar semanalmente, eu o farei, tal qual está sendo Haikyuu! nesse momento. Só que, agora, acompanhar animes de temporada não será mais o foco, apenas algo eventual.

É engraçado, mas estou bem empolgado com tudo isso. Mudanças são sempre interessantes e cheias de expectativas.  Minha decisão agora está tomada. A consequência disso eu só vou saber lá pra frente, porém, estou bem feliz com ela. Acho que minha relação com o meu hobby e a minha própria produção de conteúdo aqui no Anikenkai só têm a melhorar. Mas eu quero saber de vocês, como vocês se veem hoje em dia? Já pensaram em parar com os animes semanais ou nem veem essa possibilidade chegar tão cedo? Diga aí nos comentários qual é a opinião sobre o assunto.

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

E cá estou eu de volta. O final do período […]