Wolf Children: Um bom anime para esse Dia das Mães

Hoje é Dia das Mães! Como tal, queria fazer uma lista de recomendações de mangás como fiz para o Dia dos Pais, mas me deparei com um problema. A presença de pais em mangás já não é algo tão comum, de Mãe então, muito menos. Pais até tem certa participação no imaginário da cultura pop, mas poucas obras focam no relacionamento entre mães e filhos. Eu não conseguia lembrar de nenhum realmente relevante e nem uma boa pesquisa ajudou.

Decidi então mudar a ideia do post e falar sobre um filme que estou para falar tem um bom tempo aqui no Anikenkai, Wolf Chilfren (aka Ookami Kodomo no Ame to Yuki). Dirigido por Mamoru Hosoda (Summer Wars, Toki o Kakeru Shojo, Digimon: O Filme), um dos meus diretores favoritos, o filme conta a história de uma mãe humana, Hana, cuidando de seus filhos meio-humanos/meio-lobos: uma menina chamada Yuki e um menino um pouco mais novo chamado Ame.

Ookami Kodomo no Ame to Yuki - Movie - Large 37

A mais interessante característica desse filme, para mim, são as perspectivas pelas quais observamos a história. Essa perspectiva alterna entre os três protagonistas, nos dandos aspectos interessantes do ponto de vista das crianças e da mãe. As crianças precisam decidir entre seguirem o caminho dos humanos ou o caminho dos lobos. Sua mãe, está ali para ajudá-los nesse caminho, um trabalho nem um pouco fácil para uma jovem com filhos “comuns”, imagina com “diferentes”.

Muita gente diz que Wolf Children tem uma temática focada no racismo/preconceito, na ideia de aceitação social, etc. Porém, eu sou mais da linha que acredita que esse filme é sobre família. Sobre pais auxiliando seus filhos nas decisões que moldarão seu futuro. Esse filme deixa muito claro isso colocando as crianças como protagonistas de sua própria vida. Cabe a elas decidirem para onde vão, como farão as coisas e também como irão encarar as consequências. Hana observa, guia, tenta ajudar, desaprova, mas sabe que não terá como controlá-los para sempre.

A inclusão do elemento “lobo” na história, além de colaborar para o tom fantástico da mesma, ajuda no peso dado àquela situação, tanto de forma pragmática quanto psicológica. É muito gostoso ver como esses personagens crescem e mudam no decorrer do filme, como eles acertam e erram. Tudo muito natural e com uma sensibilidade característica de Hosoda. O visual do filme, muito bonito como se é de esperar, colabora com a história, assim como a trilha sonora, que, embora não seja tão marcante, a conduz e a acompanha muito bem.

Ookami Kodomo no Ame to Yuki - Movie - Large 24

Independente de como você absorva esse filme, pelo aspecto da família, pela ideia do preconceito, pela fantasia, pelo ambientalismo (sim, há uma certa tendência para esse lado também), Wolf Children não decepciona. Um filme emocionante, gostoso de se acompanhar, e que traz uma forte relação entre mãe e filhos, algo surpreendentemente incomum nesse meio.

Qualquer dia seria um bom dia para ver esse filme, mas assisti-lo nesse Dia das Mães pode acabar dando um gostinho ainda mais especial. Quem sabe até não dá para você assistir com a sua mãe?

Se vocês tem outras recomendações de animes/mangás com temática envolvendo mães e filhos, deixe nos comentários, além, é claro, de falar sobre Wolf Children.

FELIZ DIA DAS MÃES PARA A MINHA MÃE E PARA AS MÃES DE TODOS VOCÊS!!!

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Hoje é Dia das Mães! Como tal, queria fazer uma […]