Questões a serem abordadas sobre o re-lançamento de Genshiken nos EUA

Como foi noticiado no ANN (em inglês) e no Chuva de Nanquim (em português), Genshiken retornará ao mercado norte-americano através de uma republicação em formato omnibus (dentre outras novidades que podem ser conferidas nos respectivos links). Para quem não sabe, esse é o nome dado quando em média três volumes são compilados e uma única edição. Genshiken tendo 9 edições no total, seriam somente 3 nessa republicação. Seguindo a lógica de publicação americana (de três em três meses), teríamos o Volume 1 em maio, o Volume 2 em julho e o Volume 3 em outubro de 2012. Uma excelente notícia, não há dúvida.

Genshiken é um excelente mangá e essa nova publicação com certeza vai atrair a atenção de novos leitores que não conseguiam encontrar certos volumes da publicação anterior pois estavam esgotados. Porém, como fã, tenho alguns pontos a colocar para reflexão:

1 – Preço

Bem, um volume tankobon nos EUA tem preço de capa médio de U$10.99. Se a Kodansha seguir o padrão da republicação de Love Hina (que será lançada amanhã e que eu já encomendei pra mim), o preço final da nova edição omnibus será de U$19.99, o que, em teoria, representaria menos de U$7.00 por volume. Uma bela economia. Porém, aí entra o segundo ponto…

2 – Qualidade

Eu estou importando a edição omnibus de Love Hina por dois motivos: O primeiro é para ter esse mangá em minha coleção, já que não comprei as edições publicadas pela JBC e que tive a engraçada surpresa de ver como “valorizaram” daquele tempo pra cá; O segundo motivo é para ter uma ideia de como ficará Genshiken e se valerá a pena re-comprar o mangá. Porém, minhas previsões não são muito boas. Todas as edições compiladas que vi até hoje (principalmente a Viz 3-in-1, formato em que One Piece está sendo republicado nos EUA) não me agradaram nem um pouco. O tamanho é desconfortável. Ler um volume de quase 600 páginas sem apoio deve ser um trabalho hercúleo de resistência muscular. Mas o maior problema é, sem dúvida, a qualidade do papel. Sempre falo que a qualidade do papel das edições americanas é muito superior à brasileira e que isso é um ENORME diferencial… não no caso dessas edições compiladas. O papel é de gramatura muito leve e eu colocaria no nível do papel da JBC ou até pior! Isso também acaba prejudicando a qualidade de impressão final. Ou seja, um fracasso.

Atualização: O leitor “Trunqs” postou nos comentários a informação que as edições Omnibus não tem uma redução drástica na qualidade do papel. Sendo assim, minha expectativa nesse ponto, para a republicação de Genshiken, aumentou.

3 – Padronização e o “Volume 10”

Genshiken foi publicado no tempo em que a Del Rey ainda era a responsável pelas publicações da Kodansha nos EUA. Sendo assim, ela acabou criando uma identidade estética própria, bem diferente das edições japonesas. O meu medo, no entanto, não é para com quem vai comprar pela primeira vez, mas sim porque a tendência é que eles lancem o Volume 10, lançado esse ano no Japão, durante ou após essa republicação. Se forem criar uma lombada nova, seguindo mais o padrão japonês (como é a edição francesa), é capaz do volume 10 vir nessa nova padronização, destoando do resto da coleção.

4 – Vale ou não vale comprar?

Sendo bem sincero, se você nunca leu Genshiken e quer ter acesso a ele por vias oficiais, eu recomendo. Recomendo pois vai ser uma maneira barata é, relativamente, rápida de se ler o material. Porém, encare como uma versão econômica. Não pense que terá a mesma qualidade de um volume de BAKUMAN importado, por exemplo. E esse relançamento é importante, não só para esses possíveis novos fãs mas para os antigos. Não para recomprarem a série, mas por esperarem o novo volume que, com certeza, virá.

———————————————————————-

Querem saber o que realmente me surpreendeu na pesquisa para esse post? A Kodansha ofereceu para um grande número de blogs, edições de ‘Love Hina Omnibus Vol. 1’ para análise. Isso acabou gerando uma boa publicidade para a republicação que com certeza se reverterá em vendas. Quem me dera as editoras brasileiras resolvessem fazer algo parecido por aqui…

Se quiserem comprar a edição Omnibus de Love Hina com FRETE GRÁTIS, é só clicarem direto na imagem abaixo (não se preocupem com a mudança de capa no link):

Sobre Diogo Prado

Tradutor, professor, host do Anikencast, apaixonado por quadrinhos, apreciador de jogos eletrônicos e precoce entendedor de animação japonesa.

Você pode me achar no twitter em @didcart.

Como foi noticiado no ANN (em inglês) e no Chuva […]