Category Archives: Suisei no Gargantia

VQ Review – Suisei no Gargantia – ep. 10

gargantia10_banner

Chamber cada vez mais um personagem incrível… Mas não só ele!

RESUMINDO

Com todas as lulas-baleia do local exterminadas, a frota de Flange e Pinion começa a extrair os “tesouros” do local. Mas ocorre uma divergência de opiniões: Flange quer usar o tesouro para enriquecer toda a raça humana, mas Pinion deseja usá-los para seu próprio proveito, e passa a desafiar outras frotas. Enquanto isso, Ledo continua atordoado com o que descobriu, e Chamber tenta dar um conselho lógico para ele.

gargantia09_01

EU ACHO QUE…

Antes desse episódio, eu re-assisti a primeira parte do primeiro episódio, e depois a segunda metade do episódio 9. Fiz bem, entendi melhor como o anime começou e consegui entender o rumo que o anime tomaria agora.

“A ilha da ambição” é o título do episódio. E nos dois focos do episódio o tema ambição estava envolvido. O poder e riquezas infinitos em mãos começam a fazer Pinion (e uma crescente parte da frota) desejar expandir seu domínio pelos mares. Eles até desafiam os outros piratas e navios a os enfrentarem. Interessante que esse objetivo é bem diferente da filosofia de Gargantia de haver “cooperação mútua”. Lá em Gargantia, explorava-se o mar respeitando os seus habitantes naturais, as lulas-baleia, e evitava-se lutas mortíferas contra piratas. Mas aqui o mar está totalmente banhado em sangue de lulas, e qualquer um que se opor será atacado. Aposto que isso pode levar a uma rivalidade e um possível confronto entre Pinion e Gargantia (rivalidade que já existia desde o começo, representado pelas diferenças entre Pinion e Bellows). Ou pode ser que a ambição leve o próprio Pinion à ruína. Quando um personagem (Melty, no caso) pergunta se “ficaremos bem” é porque tudo isso pode dar merda.

gargantia09_03

E Ledo? Mano, ele estava acabado heim! Eu realmente senti pena dele D=. Repassar as imagens dele esmagando os bebês com seus próprios pés… não é atoa que ele estava completamente sem forças o episódio inteiro.

Aí, Chamber, sozinho, chega a uma conclusão lógica e apresenta para Ledo. O próprio Chamber percebe que tanto ele, um robô, quanto o corpo geneticamente modificado dos evolvers, foram criados com o mesmo objetivo em mente: proteger o frágil corpo humano das condições espaciais, porém, cada um de uma forma diferente. “Um lado busca a civilização, o outro a abandona.” Ambos os lados vão lutar até o final para defender seu ponto de vista do que seria a forma correta de sobreviver. Então, Ledo não teria escolha. “Se você quiser existir, não tem o luxo de escolher”. A Aliança deve lutar contra os Hideous, caso contrário os humanos do lado do Ledo serão extintos. Por mais fria que tenha sido essa conclusão, eu fiquei assustado com o peso dessa lógica. Até porque é isso que acontece em guerras mesmo nos nossos dias: alguém já viu algum lado numa guerra abandonar seu orgulho e ambição para interromper a mesma? As guerras muitas vezes acabam quando um dos lados simplesmente fica sem “munição” ou poder suficiente para atacar (como aconteceu com aqueles piratas neste episódio). Com isso em mente, tente rever a batalha de Pinion com os piratas e perceba como aquilo parece familiar… tem uma crítica muito inteligente ali!

gargantia09_02

(Isso faz até eu pensar se os “tesouros no fundo do mar” em Gargantia não seriam como as reservas de petróleo muito disputadas hoje =O)

Agora, um defeito no episódio… Como é que eles de uma hora pra outra conseguiram fazer funcionar aquele canhão de plasma que estava há séculos no fundo do mar? E ainda conseguiram operá-lo sem ler manual algum? Ficou forçado isso aí!

Ah, e ainda teve um cliffhanger final… O que vocês acham que vai acontecer? Deixem seus comentários!

[Total: 0    Média: 0/5]

Chamber cada vez mais um personagem incrível… Mas não só […]