Detroit Metal City – Live Action – J-Movie

Eu sei que tinha afirmado que os posts sobre filmes sairiam nas quartas, mas por alguns contra-tempos ainda envolvendo minha saúde isso não foi possível. Mas antes tarde do que nunca! Aproveitei essa tarde meio folgada para assistir algum dos filmes que tenho aqui parar poder fazer esse post. Hoje comento sobre o filme Detroit Metal City.

Detroit Metal City é um filme de 2008 baseado no manga de mesmo nome do autor Kiminori Wakasugi que conta até o momento com 7 volumes, além de ter sido adaptado em 12 OVA’s também em 2008. A história é sobre Soichi Negishi, um garoto do campo que viaja para Tóquio com o sonho de virar um cantor profissional de J-Pop. Seguindo seu lema de “No Music, No Dream”, Negishi deseja criar músicas românticas que façam as pessoas sonharem.

Só que de alguma forma (que não é explicada no filme), Negishi acaba parando em uma banda de Death Metal com o nome Detroit Metal City. Conhecido pelo pseudônimo de Johannes Krauser II e apesar de não ser aquilo que queria fazer, Negishi é adorado pelos fãs do estilo por suas letras violentas e o estilo espalhafatoso que a banda toda apresenta.

Se essa história inusitada já não fosse suficiente para fazer esse filme muito divertido como é, a escolha do ator Kenichi Matsuyama foi um grande achado. O ator consegue sair de um personagem tímido, desajeitado e idealizador para um violento, exagerado e grosseiro com bastante facilidade, criando dois personagens bem distintos de forma muito bem feita. Para se ter uma ideia do quão versátil Matsuyama é, durante todo o filme fiquei pensando em como eu já tinha visto esse ator antes, mas sem conseguir lembrar onde. Quando fui iniciar as pesquisas para esse post descobri: Matsuyama fez o personagem L nos filmes de Death Note. Impressionante.

Além dele temos Rosa Kato como a paixão de Negishi, de quem ele tenta esconder de todas as formas o seu outro lado, Matsuyuki Yasuko como a agente violenta e adoradora de Death Metal e por fim, a participação especial de Gene Simmons, vocalista da banda KISS, o que é uma ideia genial, já que DMC é claramente uma sátira ao estilo Troo Metal de ser e dos exageros visuais de bandas como o próprio KISS.

Retirando os palavrões, Detroit Metal City é uma comédia divertida e despretensiosa que poderia facilmente passar na Sessão da Tarde (o que claro, não vai acontecer, mas vocês entenderam). É um filme rápido e engraçado, altamente recomendado para uma tarde de diversão.

Agora, mais do que antes, pretendo assistir aos OVA’s, por isso podem esperar por uma resenha sobre eles também!

  • Madoka

    Wah, bacana!! Ainda tenho que assistir >XD Queria assistir os OVAs primeiro, mas quem sabe já assisto logo o live o/
    Puxa! Legal ser com o mesmo ator de “L” de DN, mó bonzão ele *-* parece comédia demais esse filme xD Impressionante a mudança do ator na segunda foto O.o’

  • Shizuka

    É muito bom o anime, assisti no feriado e ainda não cheguei assistir o OVA. Pedindo para uma pessoa baixar o OST para mim. XDDDD

  • http://notebooksacer.blogspot.com/ Notebook Acer

    Olá irmão, estou fazendo uma atividade para a facultadade, e estava dependendo de algumas coisas, acabei de encontrar aqui no seu poste, muito obrigado.