Tag Archives: Netflix

Death Note || Netflix divulga trailer e… bem… vejam vocês mesmos…

E se o Death Note caísse nos Estados Unidos ao invés de no Japão? Pois é exatamente isso que acontece na mais nova adaptação cinematográfica da aclamada série em mangá Death Note. A Netflix, responsável pela produção do filme, divulgou hoje seu primeiro trailer:

O trailer começa bem, trazendo toda a iconografia de Death Note (como o caderno que mata quem tiver o nome escrito ali, a maçã, as instruções), mas quando o protagonista, Light (Nat Wolff), aparece a coisa começa a desandar. O Light de Nat Wolff deixou de ser um adoslescente que posa de certinho, mas que no fundo só quer tacar o terror e fazer justiça com as próprias mãos, para se tornar um adolescente com pinta de rebelde de sofá genérico. E, pra piorar, foi só isso. Não houve menção nenhuma ao L (Lakeith Stanfield), nem às investigações policiais para prender o Kira e… peraí… parenteses… quero muito entender como vão justificar o nome “KIRA” para o alter-ego do Light sendo que é um apelido que tem origem na pronuncia japonesa da palavra “killer” e sendo também que o próprio protagonista teve seu nome alterado por ele não ser japonês (Light Turner ao invés de Light Yagami).

Mas voltando ao que eu estava comentando antes, pouco se mostrou além do protagonista descobrindo um caderno que mata pessoas. Não mostrou a reação das pessoas a isso, nem a reação das autoridades e, por pouco, também nem mostra que Ryuk, o Deus da Morte responsável por jogar o Death Note no mundo dos vivos estará presente na versão americana. Ah, mas mostrar o Light dando uns pegas em quem eu suponho ser a Misa (que foi rebatizada como Mia Sutton e é interpretada pela Margaret Qualley), que é algo praticamente irrelevante, eles mostram.

Não sou purista. Não quero que seja perfeitamente fiel ao original. É uma adaptação, feita com um novo público em mente e em uma nova mídia. Podem mudar o quanto quiserem. Porém, isso não quer dizer que as novas escolhas tenham sido boas e, pelo que eu vi (e eu sei que é só o primeiro trailer, mas é o que temos para trabalhar), não convenceu. Sabendo que o diretor responsável pelo filme é Adam Wing, que fez um horroroso remake de A Bruxa de Blair no ano passado, e que a Netflix, ao aumentar a quantidade de produções, não mais garante o padrão de qualidade das mesmas (vide a recente série do Punho de Ferro), não acho que será possível termos algo muito diferente do que vimos por aqui. Talvez a única coisa boa de tudo isso é saber que a voz do Ryuk vai ser a do Williem Dafoe.

O longa-metragem está previsto para estrear ainda em 2017 na Netflix.

E se o Death Note caísse nos Estados Unidos ao […]